SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Confira lista com os melhores concursos públicos previstos para 2015


Ed Alves/CB/D.A Press
Se neste ano o mundo dos concursos públicos foi ofuscado pela Copa e pelas eleições, 2015 promete ser “o ano” para os concurseiros de todo país. Órgãos federais de grande porte, como Banco do Brasil e Petrobras, já lançaram edital, com provas marcadas para março. Câmara dos Deputados, Receita Federal e INSS não ficarão para trás e devem abrir concurso ano que vem. O otimismo também se reflete na esfera distrital. A Secretaria de Segurança Pública já abriu mais de mil vagas, e, pelo menos, outros cinco órgãos tem seleções autorizadas pelo governo local. 

De acordo com o professor de administração pública do IMP Concursos, Rafael Barbosa, 2015 será bastante otimista para os concurseiros. Em âmbito federal, a maioria dos editais deve ser lançada pelos órgãos da Administração indireta (agencias reguladoras, órgãos de controle e autarquias). “Destaque também para as seleções dos poderes Legislativo e Judiciário, que não sofrem tanta influência dos cortes orçamentários promovidos pelo Executivo”, analisa. 

Para o Distrito Federal, o especialista diz que o governo eleito já mostrou compromisso com os concursados ao decretar a extinção de 60% dos cargos comissionados. “Os primeiros seis meses da nova gestão deverão ser dedicados ao ajuste fiscal, mas, mesmo assim, vão sair alguns editais já autorizados. Acredito que a substituição dos comissionados por concursados será feita de forma gradativa já nos primeiros dois anos de gestão”, prevê Barbosa.

Confira abaixo lista com os 25 concursos mais cobiçados para o ano que vem: 

Editais abertos: 
Banco do Brasil 
Foram abertas 2.499 vagas para cadastro reserva. De acordo com o edital, o posto é o de escriturário, com salário de R$ 2.227,26. Para participar é exigido nível médio completo. Provas objetiva e redação marcadas para 15 de março.

Petrobras 
A estatal abriu 47 vagas imediatas e 2.655 para formação de cadastro reserva. O edital oferece chances para níveis médio e superior. As remunerações variam de R$ 3.095,97 a R$ 8.866,74. Provas objetivas serão no dia 8 março.

Conselho Nacional do Ministério Público 
O primeiro concurso do órgão oferece 87 vagas para níveis médio e superior. Haverá ainda formação de cadastro reserva. As remunerações variam de R$ 5.007,82 a R$ 8.178,06. As provas serão aplicadas no dia 1º de março.

Secretaria de Segurança Pública do DF (Sesipe) 
Serão selecionados 1.100 agentes penitenciários, deste total, 200 para provimento imediato e 900 para CR. O vencimento é de R$ 4.745. O posto exige formação em qualquer curso superior. Segundo o edital, a prova objetiva agendada para 19 de abril.

Editais previstos: 
Câmara dos Deputados 
Mesa Diretora autorizou concurso para o ano que vem. O número de vagas ainda não foi definido, mas haverá chances para níveis médio e superior, com remunerações entre R$ 11.684,43 e R$ 17.684,43. Edital deve sair somente após fevereiro.

Receita Federal 
Planejamento afirmou que a previsão orçamentária prevê recursos para contratação de auditores. No entanto, ainda não há definição de número de vagas e data de lançamento do edital

INSS 
Foram solicitadas ao Planejamento 4.730 vagas. A seleção vai oferecer oportunidades para técnico do seguro social (2.000), médico perito (1.150) e analista do seguro social (1.580). Os servidores receberão entre R$ 4,8 e R$ 10,8 mil.

Ministério do Planejamento 
Recém autorizado pela ministra Miriam Blechior, o concurso vai oferece 556 vagas, sendo 22 para a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Edital deve sair até junho. As chances serão para nível superior, mas os salários não foram divulgados. 

Ministério das Comunicações
A pasta pretende abrir concurso com 187 vagas de níveis médio e superior. Para isso, ainda aguarda autorização do Planejamento. Pedido foi feito em maio deste ano.

Polícia Militar do DF 
Certame foi autorizado em 2013, mas deve sair só em 2015. Serão oferecidas 204 vagas, sendo 51 imediatas e 153 para CR. Os postos contemplados serão de segundo-tenente dos quadros de oficiais policiais militares e policiais militares capelães.

Secretaria de Fazenda do DF 
A realização do concurso já foi autorizada e está adiantada. O órgão já está em fase de escolha da banca organizadora. Serão abertas 100 vagas. Definições sobre cadastro reserva, salários e exigências para o cargo serão divulgadas no edital.

Inmet 
O órgão vai abrir 242 vagas e também já está em fase de análise para escolher a organizadora. Os cargos, salários e lotação não foram divulgados, mas já se sabe que haverá chances para Brasília.

Polícia Federal 
A Associação Nacional dos Delegados da corporação anunciou que será aberto concurso com 600 vagas até o final de 2015. As chances serão para escrivão (450) e delegado (150). As remunerações, após a reestrutura da carreira chegam a R$ 17 mil.

Ministério do Trabalho e Emprego 
O Planejamento ainda analisa o pedido de concurso com 800 vagas feito em maio. 
O cargo contemplado será o dia auditor fiscal do trabalho, com remuneração de R$ 15.743,64.

Superior Tribunal de Justiça 
A assessoria do órgão confirmou que será lançado novo concurso em breve. Não há definição de vagas e cargos, mas as chances deverão ser destinadas a áreas diferentes àquelas abertas no certame realizado em 2012.

IBGE
O instituto solicitou ao Planejamento novas vagas para os postos de técnico, tecnologista e analista. As áreas de atuação e quantidade de oportunidades ainda não foram definidas.

Anac 
A agência solicitou, em outubro, abertura de novo concurso público ao Planejamento. Porém, não foram informados número de vagas e áreas de atuação.

ANTT 
A agência pretende abrir 670 vagas de níveis médio e superior. O pedido de concurso foi encaminhado em outubro, mas ainda não houve retorno.

Novacap 
Autorizado em maio de 2013, o certame deve ficar mesmo para 2015. Serão abertas 379 vagas e cadastro reserva. O Tribunal de Contas do Distrito Federal chegou a multar o secretário de administração por não lançar o concurso.

Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedest) 
O concurso foi autorizado em fevereiro deste ano. Serão 200 vagas, sendo 100 para especialista (nível superior) e técnico em assistência social (nível médio). Os salários vão de R$ 4.239,20 a R$ 5.789,36.

Agência Nacional de Águas 
Em agosto, a assessoria da agência informou que o pedido do concurso estava em última instância no Planejamento. Serão abertas 32 vagas para analista, que exige nível superior. O salário é de R$ 11.071,29. Lotação na sede, em Brasília. 

Anvisa 
Órgão aguarda autorização do Planejamento desde agosto. Serão abertas 120 vagas de nível médio. As oportunidades serão para técnico administrativo, com lotação em Brasília. O salário inicial do posto é de R$ 4.760,18.

Tribunal de Contas da União 
Autorizado em julho, o certame vai oferecer 30 vagas para os postos de auditor (12) e técnico (18). As vagas serão distribuídas entre o Distrito Federal, Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco e São Paulo.

DNIT 
O departamento ainda aguarda autorização do Planejamento. A expectativa é de sejam abertas 1.131 vagas, para postos de níveis médio e superior. Os salários variam de R$ 3.342,50 a R$ 6.647,41.

Ministério da Cultura 
Pasta solicitou abertura de 140 vagas de nível superior e 89 de nível médio. Pedido ainda está em análise no Planejamento. As remunerações podem chegar a R$ 6.330,28.

Fonte: CorreioWeb

0 comentários:

Postar um comentário