SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

BNDES - Concurso sairá no segundo semestre

Aguardado por milhares de pessoas, o concurso do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) será uma das grandes oportunidades de ingressar no serviço público federal este ano. E uma boa notícia para quem estuda e sonha com uma vaga na empresa é que os preparativos da seleção estão sendo intensificados, tendo em vista a possibilidade de realizá-la em junho, conforme diretriz do BNDES. O concurso é marcado por diversos atrativos: boas remunerações, de R$4.759,23 para técnico administrativo (nível médio) e R$12.022,85 para profissional básico (superior), amplo pacote de benefícios, incluindo auxílio-alimentação e auxílio-refeição, entre outros, e carga de trabalho reduzida, de apenas 35 horas semanais.

Os interessados, portanto, devem aproveitar a divulgação antecipada da seleção, estudando com antecedência, a fim de garantir a melhor classificação possível e a contratação imediata, já que as seleções da instituição visam à formação de cadastro de reserva, cujo limite de cadastrados geralmente é divulgado. Enquanto concurseiros estudam, o BNDES prepara a seleção. Os próximos cinco meses serão decisivos para a empresa, que, nesse tempo, definirá a organizadora e informará os cargos oferecidos. Fonte ligada ao banco, no entanto, afirmou que já foram definidas as funções: técnico administrativo, que exige o nível médio e proporciona rendimento de R$4.759,23, incluindo vencimento de R$3.396,38, auxílio-alimentação de R$397,35 e auxílio-refeição de R$965,50, e profissional básico, para graduados em áreas específicas, com remuneração de R$12.022,85, somando salário-base de R$10.660 e os auxílios citados. 
Quanto à instituição responsável por receber inscrições e aplicar as provas, a Fundação Cesgranrio é a mais cotada, tendo em vista que comandou as últimas seleções do BNDES. A previsão de abertura do concurso em junho é resultado da diretriz da empresa dos últimos anos, de divulgar o edital logo após o término do prazo de validade da seleção anterior. No concurso de 2012, por exemplo, essa postura se manteve. Na ocasião, o prazo de validade da seleção de 2011 encerrava no dia 16 de dezembro de 2012 e o novo edital foi publicado no dia 18 do mesmo mês. Seguindo esse critério, a empresa divulgará o novo documento logo após o dia 12 de junho, quando irá expirar o prazo de validade do concurso de 2012.
Veja os prováveis cargos do próximo concurso
Profissional BásicoAdministração - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Administração, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Registro Profissional no Conselho Regional de Administração - CRA. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Análise de Sistemas - Desenvolvimento - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Análise de Sistemas, ou em Tecnologia da Informação, ou em Sistemas de Informação, ou em Processamento de Dados, ou em Ciência da Computação, ou em Engenharia da Computação, ou em Engenharia de Sistemas, ou Bacharelado em Informática; ou ainda, diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação completo nas áreas de Ciências Exatas ou de Engenharias com curso de pós-graduação (lato ou stricto sensu) em Informática, ou em Análise de Sistemas, ou em Tecnologia da Informação, ou em Sistemas da Informação, ou em Processamento de Dados, ou em Ciência da Computação, ou em Engenharia da Computação ou em Engenharia de Sistemas, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Análise de Sistemas - Suporte - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, em Análise de Sistemas, ou em Tecnologia da Informação, ou em Processamento de Dados, ou em Ciência da Computação, ou em Engenharia da Computação, ou em Engenharia de Sistemas, ou em Engenharia Eletrônica, ou em Engenharia de Telecomunicações, ou Bacharelado em Informática; ou ainda, diploma(s) ou certificado(s) de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior na área de Ciências Exatas com especialização ou Pós-Graduação em Informática, ou em Análise de Sistemas, ou em Tecnologia da Informação, ou em Processamento de Dados, ou em Ciência da Computação, ou em Engenharia da Computação, ou em Engenharia de Sistemas, ou em Engenharia Eletrônica, ou em Engenharia de Telecomunicações, expedido(s) por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Arquitetura - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Arquitetura e Urbanismo, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Registro Profissional no Conselho de Arquitetura e Urbanismo - CAU. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Arquivologia - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Arquivologia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro profissional conforme dispõe o artigo 4º da Lei nº 6.546, de 04 de julho de 1978.

Biblioteconomia - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Biblioteconomia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e Registro Profissional no Conselho Regional de Biblioteconomia - CRB. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Comunicação Social - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Comunicação Social, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Contabilidade - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Ciências Contábeis, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e Registro Profissional no Conselho Regional de Contabilidade - CRC. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Direito - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Direito, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Registro Profissional na Ordem dos Advogados do Brasil - OAB.


Economia - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Ciências Econômicas, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Registro Profissional no Conselho Regional de Economia - CORECON. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Engenharia - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Engenharia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Registro Profissional no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - CREA. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Psicologia - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Psicologia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e Registro Profissional no Conselho Regional de Psicologia - CRP. O registro deverá ser obtido no Conselho Regional com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

Técnico Administrativo - diploma ou certificado de conclusão, devidamente registrado, de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.


Amplo pacote de benefícios

As seleções do BNDES costumam ser muito concorridas, resultado do amplo pacote de benefícios oferecidos, além do auxílio-alimentação e auxílio-refeição já citados. São eles: programa de assistência educacional de R$829,55 por filho, ou seja, auxílio-acompanhante, creche e ensinos fundamental e médio, plano de saúde (assistências médica, hospitalar e dentária), vale-transporte, variável de acordo com a localidade, e plano de previdência complementar, por meio da Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES (Fapes). Quem sonha em ter direito a todos esses benefícios pode aguardar um bom número de contratações. Da disputa de 2012, até o momento, por exemplo, foram realizadas 228 convocações, sendo 51 para técnico administrativo e 177 para profissional básico. Outras chamadas ainda poderão ocorrer até junho.



Concurso anterior auxilia - No último concurso, em 2012, os candidatos a técnico administrativo foram avaliados por meio de 70 questões objetivas, sendo 25 de Língua Portuguesa, 25 de Matemática, oito de Língua Estrangeira, seis de Conhecimentos Específicos sobre o BNDES e seis de Conhecimentos Gerais, estrutura que deve ser mantida. Já os concorrentes a profissional básico responderam ao mesmo número de questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Língua Estrangeira) e 40 de Conhecimentos Específicos, além de cinco questões discursivas de conteúdo específico. O BNDES contrata pelo regime celetista.


Com informações da Folha Dirigida



0 comentários:

Postar um comentário