SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Transportes - ANTT e DNIT devem abrir concursos


Agência Nacional de Transportes Terrestres l Definida banca organizadora do concurso

Dois órgãos vinculados ao Ministério dos Transportes aguardam a autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para realizar novos processos seletivos. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já enviaram pedidos de concurso que, juntos, somam 1.831 vagas e esperam receber o aval para lançar seus respectivos editais neste ano.
Ambas as solicitações foram encaminhadas em 6 de junho de 2014 para o MPOG e, agora, estão em trâmite no Departamento de Modelos Organizacionais e Força de Trabalho nos Setores de Infraestrutura e de Articulação Governamental (Desig/Segep).
A expectativa é de que o Planejamento libere o aval para os dois órgãos logo após a aprovação do orçamento deste ano, que deverá acontecer em fevereiro ou, no mais tardar, em março.
DNIT
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes solicitou ao Ministério do Planejamento a abertura de concurso com 1.131 oportunidades a serem preenchidas em seu quadro de pessoal.

Até o momento não foram divulgadas as carreiras requeridas, mas deverão ser as mesmas que constaram na seleção de 2012. Na época, o certame apresentou chances para técnico administrativo, técnico de suporte em infraestrutura de transportes, analista administrativo e analista em infraestrutura de transportes.
O órgão não definiu a lotação das vagas, que poderão ser distribuídas entre a sede, localizada em Brasília (DF), e as unidades regionais presentes em todos os Estados.
ANTT
A Agência Nacional de Transportes Terrestres pretende divulgar edital com 670 vagas de níveis médio, médio/técnico e superior. Os vencimentos iniciais partem de R$ 5.418,25 e chegam a R$ 11.403,90, sem incluir os benefícios.

Os cargos de técnico administrativo e técnico em regulação são destinados aos profissionais com ensino médio e/ou médio/técnico. Já as colocações de analista e especialista em regulação aceitam formação superior em diversas áreas de atuação.
Sobre os Estados de lotação, a assessoria de imprensa do órgão informou que eles só serão estabelecidos após a obtenção do aval. Como o último concurso, que ocorreu em 2013, teve chances apenas para Distrito Federal, Roraima, Rondônia e Acre é provável que o próximo contemple as demais regiões que constaram na seleção de 2008, que apresentou, de um total de 355 ofertas, 61 apenas para o Estado de São Paulo.
Informações do JC Concursos

0 comentários:

Postar um comentário