SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Justiça suspende concurso da Dataprev com 62 mil candidatos

Dataprev/Reprodução
Após ação civil impetrada pelo Ministério Público Federal, a Justiça suspendeu o concurso da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). O motivo foi a reaplicação das provas apenas em Rondônia, onde houve problemas no envio de malotes com os cadernos de perguntas e os exames foram cancelados. Segundo o ministério, a reaplicação para uma parte dos candidatos (609 inscritos, de 62 mil ao todo) fere a isonomia do concurso público, já que houve exames para o mesmo cargo em outras capitais. Apenas quem concorreu ao cargo de analista de tecnologia da informação (nas áreas de prospecção de soluções e melhoria de processo, e análise de informações) não foram atingidos pela decisão. A assessoria da Dataprev informou, ao CorreioWeb, que vai recorrer da decisão até o fim desta semana. 

Caso não cumpra com a decisão, a Dataprev e o Instituto Quadrix, a banca organizadora, podem pagar multa diária de R$ 5 mil e multa de R$ 100 mil para cada ato ou edital que desobedeça a ação. De acordo com o cronograma do certame, a próxima etapa seria a divulgação do resultado da avaliação de títulos. A publicação do resultado final de todo o concurso estava prevista para o dia 23 de fevereiro. O concurso oferece 4.019 oportunidades de cadastro reserva. Ao todo foram registradas 62.296 inscrições - concorrência média de 15 candidatos para cada chance. O posto que mais atraiu participantes foi o de técnico em segurança do trabalho, com 4.550 concorrentes. Aprovados serão lotados nas 26 capitais estaduais e no Distrito Federal. As chances são para os níveis médio e superior, com salários que vão de R$ 3.129,73 a R$ 6.395,39. Do total de vagas, 10% são reservadas a candidatos com deficiência e 20% a candidatos negros ou pardos.

Fonte: Correioweb

0 comentários:

Postar um comentário