SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Controladoria Geral do Município de SP: Lei cria 300 vagas para auditor e analista

O Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, sancionou na última terça-feira, dia 5, a lei 16.193, que cria os cargos de auditor municipal de controle interno e analista de políticas públicas e gestão governamental no quadro de servidores da prefeitura. O texto, de autoria do executivo, foi aprovado na Câmara Municipal no último dia 7 de abril. Agora a expectativa é de que Haddad autorize a realização do primeiro concurso público para as categorias. A seleção já está em planejamento desde o início da gestão atual. O primeiro concurso irá preencher 200 vagas, sendo 100 em cada categoria.
A função de auditor de controle interno será direcionada à Controladoria Geral do Município (CGM-SP) e conta com 100 vagas em seu quadro. A remuneração inicial é de R$13.900, podendo chegar a R$21.405 ao longo da carreira. Para analista o quadro contará com 200 vagas e a remuneração inicial será de R$9 mil. Neste caso a função será destinada à Secretaria Municipal de Gestão.
Os aprovados ainda contarão com benefícios como R$296,12 de vale-refeição, R$66 de auxílio transporte e R$257,12 de auxílio alimentação. Ambas as carreiras contarão com exigência de nível superior e jornada de 40 horas semanais. A criação dos cargos foi anunciada por Haddad em novembro de 2013. Na ocasião ele afirmou que as funções teriam como principal objetivo a fortalecer o trabalho no combate à corrupção.
Fonte: Folha Dirigida

0 comentários:

Postar um comentário