SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Abin - Autorização do concurso está confirmada!

Boa notícia para os interessados no setor de segurança nacional. A autorização para o concurso da Agência Brasileira de Inteligência foi confirmada nesta quinta-feira, dia 3, pelo diretor-geral da autarquia, Wilson Roberto Trezza. Segundo ele, inicialmente, o Ministério do Planejamento aprovou o provimento de 80 vagas, sendo 48 para o cargo de oficial de inteligência e 32 para oficial técnico de inteligência, ambos de nível superior, com vencimentos iniciais de R$ 14.662,34 e de R$ 13.538,03, respectivamente. Em ambos os casos, estão incluídos R$ 373 de auxílio-alimentação. A expectativa agora é pela publicação oficial da autorização, no Diário da União.
A informação foi passada durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (uma das comissões permanentes da Câmara dos Deputados), quando o diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência, Wilson Roberto Trezza, afirmou que foi comunicado, pelo Ministério do Planejamento, de que, ainda esse ano, serão aprovadas 80 das 470 vagas solicitadas, com provimento previsto para 2016. A expectativa, no entanto, é de que a agência também consiga viabilizar, junto ao Planejamento, os concursos para cargos de nível médio – agente de inteligência, com remuneração de R$ 5.791,31, e agente técnico de inteligência, com ganhos de R$ 5.248,93 -, que também fazem parte da solicitação inicial enviada ao Ministério.
Contra o terrorismo  – Segundo a Assessoria de Imprensa da Abin, a audiência pública debateu as medidas que o governo brasileiro está tomando diante de informações de que extremistas do Estado islâmico estariam tentando recrutar jovens em território brasileiro. O foco foram as ações para a prevenção contra possíveis atentados terroristas por ocasião da realização de grandes eventos internacionais no Brasil.
Último concurso
A última seleção, feita em 2010, foi para as funções de oficial técnico de inteligência e agente técnico de inteligência, e constou de provas objetiva e discursiva, investigação social e funcional, avaliação médica e curso de formação em Inteligência. Já em 2008, o concurso foi para oficial de inteligência e agente de inteligência, sendo os candidatos submetidos a 150 questões: 40 de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa e Atualidades) e 110 de Específicos, além de uma redação.


Assista ao vídeo "Como Arrebentar em Provas do Cespe"

0 comentários:

Postar um comentário