SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

INSS - Instituto conclui remoção e acelera novo concurso

Fonte ligada ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que o processo de remoção interna de analistas já foi concluído, e que a autarquia concentra-se agora na etapa de remoção dos técnicos. Essa fase é de suma importância para a realização do concurso destinado a preencher 950 vagas, pois mostrará ao INSS a necessidade de pessoal em cada unidade do país. Após o término desses processos de remoção, o instituto poderá finalizar a distribuição das vagas. Procurado, o INSS não respondeu sobre a confirmação desses processos de remoção.
Enquanto se organiza para definir essa oferta por estados, a autarquia adianta também outras pendências. Uma delas, a organizadora, já é negociada. Após ter se reunido com o Cespe/UnB, o INSS informou que conversa com outras instituições, cotadas para organizarem a seleção. Os nomes delas, porém, não foram revelados. As informações passadas por entidades sindicais, no entanto, vão de encontro com a posição oficial do instituto. É que, segundo os sindicatos, o diretor de Gestão de Pessoas, José Nunes Filho, teria confirmado, em uma reunião com a categoria, o Cespe/UnB como organizador. A autarquia negou essa informação.

A posição oficial do INSS sobre a seleção é que segue com os preparativos, elaborando o projeto básico, negociando com possíveis organizadoras e estudando a distribuição das vagas pelo país. O edital, segundo o prazo fixado pela portaria de autorização do Ministério do Planejamento, precisa ser publicado até 29 de dezembro, porém, sairá antes disso, conforme informou o setor de Recursos Humanos. Das 950 vagas, 800 são de técnico, de nível médio e com remuneração de R$4.614,87 (chegando a R$5.259,87, após seis meses), e 150 de analista, para graduados em Serviço Social, com rendimentos de R$6.832,89 (até R$7.869,09).


Apesar da suspensão dos concursos federais em 2016, a seleção do INSS, por já ter sido autorizada, está garantida. Os interessados devem manter a preparação, tendo por base os últimos concursos para o cargo pretendido. No caso da função de técnico, destaque do concurso, a última seleção ocorreu em 2011, quando os candidatos foram avaliados por meio de 60 questões objetivas. O exame versou sobre Português, Ética no Serviço Público, Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Previdenciário de Conhecimentos Específicos.

Fonte: Folha Dirigida

0 comentários:

Postar um comentário