SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

IBGE - Editais em dezembro e provas objetivas em março

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já possui um cronograma inicial do concurso para 600 vagas, ao qual a FOLHA DIRIGIDA teve acesso. De acordo com o que consta em documento enviado às organizadoras interessadas em ficar à frente da seleção, a proposta é de divulgar nos dias 21 ou 22 de dezembro, no Diário Oficial da União (DOU), os editais da seleção - um de técnico, de nível médio, e o outro de analista e tecnologista, ambos de nível superior. 

As provas objetivas, por sua vez, têm previsão de aplicação em 6 de março do próximo ano, para analistas e tecnologistas, e no dia 13 do mesmo mês, no caso do técnico. Nesse planejamento, o IBGE também prevê as inscrições entre os dias 4 e 28 de janeiro, para todas as funções. O resultado final do concurso de técnico está previsto para 6 de abril, e o de analista e tecnologista, para o dia 22 do mesmo mês. Essas datas foram propostas às candidatas a organizarem o concurso, e serão confirmadas ou não após a contratação da banca. 

O cronograma vai ao encontro do que o IBGE informa oficialmente. Segundo a Assessoria de Imprensa do instituto, o edital será publicado em dezembro, portanto, antes do prazo fixado pela portaria de autorização das vagas (27 de janeiro). Ainda segundo a fundação, o momento é de escolha da organizadora. Fonte ligada ao instituto revelou que a definição da banca não deverá passar de novembro, o que se confirma com o cronograma inicial.

Cursos em PDF e Videoaulas

O instituto já definiu também a distribuição das vagas e a estrutura do concurso (veja tabela abaixo). Os candidatos a técnico responderão 60 questões objetivas, e os interessados nas funções de analista e tecnologista serão submetidos a 70, exceto Análise de Sistemas que terá 60. Haverá também provas discursiva (para Análise de Sistemas) e prática (tecnologista de Programação Visual). Para técnico, a remuneração inicial é de R$3.471,85, podendo chegar a R$5.011,01, com titulação. Já para analista e tecnologista, os rendimentos são de R$7.373,49, podendo chegar a R$9.107,88, também com a titulação. O regime é o estatutário, com estabilidade.

Fonte: Folha Dirigida

0 comentários:

Postar um comentário