SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

domingo, 18 de outubro de 2015

Receita Federal - Processo de autorização de concurso avança no MPOG!


Os processos referentes à solicitação de concursos públicos para órgãos do Ministério da Fazenda voltou a tramitar no Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão - MPOG, com avanços ocorridos nos dias 13 e 14 de outubro, inclusive com a alteração do nível de acesso de "geral" para "restrito". A solicitação é para a abertura de 6.147 vagas em cargos dos níveis médio e superior, com remunerações iniciais variando de R$3.671,82 a R$16.116,64.


Das vagas constantes no pedido, 3 mil são para assistente técnico-administrativo do próprio Ministério da Fazenda. O cargo tem como requisito o ensino médio completo, e os ganhos iniciais são de R$3.671,82 (incluindo auxílio-alimentação, de R$373). Outro destaque para a pasta é o cargo de analista técnico-administrativo, que admite graduados em qualquer área e proporciona rendimentos iniciais de R$4.884,02 (também com o auxílio). Para este, foram solicitadas 500 vagas. Foram requisitadas ainda outras 430 vagas em cargos de nível superior.

O processo inclui ainda o pedido de concursos para a Receita Federal. Para o órgão, o pleito é de 1858 vagas, sendo 1240 de analista-tributário e 618 de auditor-fiscal. Ambos os cargos têm como requisito o ensino superior completo em qualquer área e remuneração de R$9.629,42 e R$16.116,64, respectivamente, no início da carreira.

Completam o pedido as solicitações para Superintendência de Seguros Privados (Susep), Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Tesouro Nacional. Para a Susep e a CVM foram requeridas 239 vagas, das quais 129 (60 e 69, respectivamente) apenas para agente executivo, de nível médio, com iniciais de R$5.549,43. No caso do Tesouro, a solicitação é para 120 vagas de analista de finanças e controle, de nível superior (R$15.376,70).

O Tribunal de Contas da União apontou, em auditoria realizada, omissão do poder público ao manter o baixo quadro de servidores atuantes na Receita Federal do Brasil  e afirmou que a falta de pessoal é resultado, entre outros, da reduzida realização de concursos nos últimos anos.

Quer ser Auditor-fiscal?  Prepare-se com quem entende do assunto!
  Coaching Concurseiros.com


Órgão
Cargo
Qtd.
Escolaridade
Remuneração inicial
Receita Federal
Analista-tributário
1.240
Superior
R$ 9.629,42
Auditor-fiscal
618
R$ 16.116,64
Ministério da Fazenda
Assistente técnico-administrativo
3.000
Médio
R$ 3.671,82
Analista técnico-administrativo
500
Superior
R$ 4.884,02
Contador
72
Engenheiro
76
Arquiteto
34
Arquivista/arquivologista
37
Psicólogo
9
Pedagogo
26
Analista em tecnologia da informação
32
Matemático
50
Médico
94
R$3.998,42 (carga de trabalho de 20 horas semanais) e R$6.388,64 (40 horas)
Susep
Agente executivo
60
Médio
R$ 5.549,43
Analista técnico
90
Superior
R$ 15.376,70
CVM
Agente executivo
69
Médio
R$ 5.549,43
Analista
14
Superior
R$ 15.376,70
Inspetor
6
Tesouro Nacional
Analista de finanças e controle
120



Assista ao vídeo "Como Passar em Concursos da Área Fiscal"
 

Acompanhe os Processos03000002346201444 e 03000200786201546

0 comentários:

Postar um comentário