SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

terça-feira, 17 de novembro de 2015

TCM/RJ - Banca definida e edital iminente! Remuneração inicial de até R$ 10 mil!

TCM-RJ
Segundo declaração do presidente da comissão responsável pelo concurso do TCM-RJ, procurador José Ricardo Pereira de Castro, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) foi escolhido na segunda-feira, dia 16, como organizador do concurso para o órgão. A oportunidade divulgada no concurso será a de técnico de controle externo, cargo que exige nível médio completo e oferta remuneração de R$10.578,22. A escolha feita por dispensa de licitação, deverá ser publicada no Diário Oficial do Município (DOM) nos próximos dias. Ricardo afirmou ainda que o edital começará a ser elaborado nas próximas reuniões da comissão com o IBFC.

Será publicada uma dispensa de licitação, mas houve todo um procedimento no qual avaliamos diversas instituições candidatas a organizar o concurso. Optamos pelo IBFC, que apresentou-se bem em todas as nossas exigências. O próximo passo, após a escolha, é a contratação da organizadora definida e a elaboração do edital”, explicou. A previsão inicial é de que o edital seja divulgado ainda este ano, porém isso ainda será discutido com o organizador.
O objetivo do concurso é contratar 15 novos servidores, porém, cerca de 50 aprovados deverão ser aprovados nos dois anos de validade inicial do concurso, assegurou o presidente do tribunal, Thiers Montebello. O prazo pode ser prorrogado pelo TCM-RJ por mais dois anos, o que deverá acontecer e possibilita um maior número de contratações.

A função de técnico de controle (antigo auxiliar de controle externo) tem vencimento inicial de R$8.130,22, sendo a remuneração inicial de R$1.152,22, mais gratificação de R$6.120 e auxílio-alimentação de R$858. Após três meses, esse valor passa para R$10.578,22, já que são somados os encargos especiais, de R$2.448. Os servidores do tribunal tem como outros benefícios o auxílio-saúde, que reembolsa até R$990; auxílio-creche (para quem tem dependentes de até seis anos) de R$1.020; e auxílio-educação (para quem tem dependentes de até 17 anos) também de R$1.020.
Outro atrativo do TCM-RJ é a aposentadoria com valor atrativo. Segundo o setor de Recursos Humanos do órgão, as gratificações são absorvidas à aposentadoria após 20 anos de atuação, já que são incorporadas a cada cinco anos. Segundo cálculo realizado pelo próprio tribunal, hoje o técnico se aposenta recebendo R$17.139,26. O plano de carreira oferecido pelo Tribunal também se destaca. Segundo José Ricardo, há uma progressão principal, por tempo de serviço, além de gratificações calculadas por pontuação, que aumenta ao longo do tempo. Existe a possibilidade ainda de o servidor assumir um cargo de confiança, o que compete à administração superior, que determina e desloca as pessoas nesse caminho.
Os aprovados no certame trabalharão nas áreas meio do tribunal, portanto, na Administração de Pessoal, Administração de Materiais, Almoxarifado e, eventualmente, em gabinete, mas sempre no meio-campo, entre os setores do tribunal e as áreas de administração interna e devem chegar ao ápice da carreira em torno de 15 ou 20 anos.
Das provas e do conteúdo– A avaliação dos candidatos às vagas do tribunal acontecerá por meio de prova objetiva e discursiva. A primeira, segundo José Ricardo, versará sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Financeiro, Administração Financeira e Orçamentária (AFO), Controle Externo, Ciências da Administração, Raciocínio Lógico e Língua Portuguesa. A discursiva consistirá na elaboração de uma redação oficial. O desejo do TCM-RJ é de que a prova objetiva aconteça pela manhã e a redação à tarde.

0 comentários:

Postar um comentário