SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

terça-feira, 8 de março de 2016

TRF/RJ - Tribunal quer o máximo de nomeações

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-RJ/ES) espera fazer o maior número possível de contratações, por meio do próximo concurso de técnicos e analistas judiciários. A informação é do presidente da comissão responsável pela seleção, juiz Carlos Guilherme Lugones: “O objetivo da Administração é realizar tantas nomeações quantas forem possíveis, à medida que forem surgindo novas vagas”, afirmou. O destaque do magistrado vai ao encontro do que vem acontecendo com o concurso de 2011, válido até 16 julho (técnicos administrativo - sem especialidade - e em segurança e transporte) e 29 do mesmo mês (demais funções).
 
Até 25 de fevereiro, segundo o TRF-RJ/ES, foram feitas 1.118 convocações. Só no Rio de Janeiro, ocorreram 1.021 chamadas, sendo 584 para técnico judiciário, das quais 511 apenas para técnico administrativo (sem especialidade). O presidente da comissão esclareceu também que os preparativos do novo certame estão na fase inicial. “A primeira reunião (da comissão) ocorreu no dia 4 de fevereiro. Portanto, os trabalhos se encontram em fase inicial, e não é possível, ainda, antecipar qualquer informação acerca das atividades que deverão ser realizadas pelo grupo, bem como informar sobre prazos, exigências, banca examinadora e cargos e especialidades a serem oferecidos”, assinalou.Simulado Básico Fiscal - 19/Março - Garanta já sua inscrição!
 
Carlos Guilherme Lugones voltou a confirmar a seleção para 28 especialidades dos níveis médio, médio/técnico e superior, e falou do excelente ambiente profissional que o TRF-RJ/ES proporciona aos seus servidores. O magistrado destacou ainda a importância desses novos profissionais para a população, em geral “Aos interessados em concorrer no certame, cabe dizer que a Justiça Federal da 2ª Região prima por oferecer um ambiente organizacional de muito respeito aos servidores de nível superior ou técnico, considerando que deles depende, em grande medida, a efetiva concretização da missão institucional, ou seja, a prestação de um serviço público de grande relevância para o cidadão”, destacou.
 
Outro ponto destacado pelo juiz, e que deve servir de motivação para o estudo dos interessados, além das boas remunerações oferecidas, é a política de qualificação de servidores implementada no órgão. “Os candidatos podem ter certeza de que no tribunal e nas seções judiciárias do Rio de Janeiro e do Espírito Santo os servidores contam com recursos materiais, serviços de apoio e ações de capacitação e aperfeiçoamento para possibilitar o melhor cumprimento das atividades diárias”, disse Lugones.

 
Edital no próximo semestre - O concurso do TRF-RJ/ES visará à formação de cadastro de reserva, a ser utilizado no prazo de dois anos, podendo dobrar. O edital, segundo Lugones, está previsto para sair no próximo semestre. O técnico tem remuneração de R$6.224,79, e o analista, de R$9.662,84. O destaque da seleção é o cargo de técnico administrativo (sem especialidade), que exige o nível médio (veja tabela completa no anexo abaixo). Embora já intensifique os preparativos, o TRF-RJ/ES já esclareceu que precisa do aval do Conselho da Justiça Federal (CJF) para realizar o concurso. Acredita-se, porém, que esse aval é uma simples burocracia, pois o concurso já foi confirmado. 

Fonte: Blog do Concurso

0 comentários:

Postar um comentário