SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Fiocruz - Autorização para 600 vagas deverá sair nos próximos dias. Inicial de até R$ 14 mil!

Fundação Oswaldo Cruz está a um passo da autorização para a abertura de um novo concurso, para 600 vagas. O processo, além de tramitar a passos largos nos setores do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), já passou pela penúltima etapa antes de ser autorizado pelo ministro do Planejamento, Valdir Moysés Simão: a Secretaria Executiva. Agora, falta só o gabinete do ministro.
No último dia 12, o documento foi analisado também, além dessa instância, pelo Departamento de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas, e ainda pela Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas do MPOG, onde permanecia até o momento. Segundo o diretor de Recursos Humanos da Fiocruz, Juliano Lima, o concurso deve seguir a linha dos concursos já autorizados para a Anvisa e Ministério da Saúde, ele revelou que há 1.500 profissionais terceirizados na autarquia, ocupando funções de concursados.
“Esse concurso também tem a intenção de favorecer a substituição de terceirizados em todas as áreas em que ainda os temos. Isso vem sendo reduzido ao longo dos últimos anos, mas pretendemos intensificar. Ainda não temos a definição se todos os nossos terceirizados serão substituídos, pois dependerá do acordo a ser feito com o Planejamento. Mas acreditamos que pelo estágio do diálogo até agora é que a maior parte das vagas, pelo menos, serão condicionadas à substituição de terceirizados, se não a totalidade”, pontuou.

Com abrangência nacional, o certame da autarquia será uma grande oportunidade para os que desejam tornar-se servidores públicos no âmbito federal. A Fiocruz contrata pelo regime estatutário, o que garantirá aos novos concursados a estabilidade empregatícia. E além das remunerações consideráveis, que chegam a quase R$15 mil dependendo da carreira, 11 cidades serão contempladas: Rio de Janeiro – RJ, Belo Horizonte – MG, Brasília – DF, Campo Grande – MG, Curitiba – PR, Fortaleza – CE, Manaus – AM, Porto Velho – RO, Recife – PE, Salvador – BA e Teresina – PI.
O concurso contará com 600 vagas nos níveis médio, médio/técnico e superior, nos seguintes cargos: assistente técnico de gestão (30), técnico (70), analista (50), tecnologista (300), pesquisador (130) e especialista (20). As duas primeiras funções exigem somente o antigo 2º grau, ao passo que as demais pedem formação superior – sendo que a última requer também doutorado e experiência mínima de seis anos de atuação na área.

0 comentários:

Postar um comentário