SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

sexta-feira, 1 de julho de 2016

TCM/Rio - Cronograma é divulgado!

O cronograma do concurso de técnico de controle externo do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM-Rio), foi confirmado pela comissão responsável pela seleção, na última quarta-feira, dia 29, informou o órgão. O edital, portanto, sairá em 25 de julho, e as inscrições serão recebidas, no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), organizador, entre 1º de agosto e 5 de setembro, com taxa de R$55. A prova objetiva está marcada para 16 de outubro, e a discursiva para 11 de dezembro. O resultado final do concurso está previsto para 13 de fevereiro.
Serão oferecidas 18 vagas imediatas, mas também será formado um cadastro de reserva. O TCM-Rio espera fazer até 86 contratações durante o prazo de validade do concurso, de dois anos, prorrogável por igual período (veja matéria nesta página). O órgão já confirmou que o exame objetivo, marcado para 16 de outubro, versará sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Financeiro, Administração Financeira e Orçamentária (AFO), Controle Externo, Ciências da Administração, Raciocínio Lógico e Português.

Cursos para Concurso TCM-RJ

O tribunal não revelou ainda quantas questões serão cobradas, nem a distribuição delas pelas disciplinas confirmadas, o que ainda está em estudo. A avaliação discursiva, segunda etapa do concurso, consistirá na elaboração de uma redação oficial. Nessa etapa, programada para 11 de dezembro, o concorrente precisará fazer um memorando ou uma ata, por exemplo. Os critérios de aprovação ainda não foram informados.
O cargo de técnico exige o nível médio completo e tem ganhos de até R$10.578,22, a maior remuneração do serviço público para o 2º grau. O técnico, quando ingressa, recebe R$8.130,22 mensais. Após três meses de trabalho, esse valor sobe para R$10.578,22, já que são somados os encargos especiais de R$2.448. O órgão oferece ainda auxílio-saúde, que reembolsa até R$990; auxílio-creche (para quem tem dependentes de até 6 anos), de R$1.020; e auxílio-educação (para quem tem dependentes de até 17 anos), também de R$1.020. Os classificados terão ainda a estabilidade empregatícia, já que serão contratados pelo regime estatutário. Há também um plano de cargos, que prevê a chegada ao ápice da carreira em torno de 15 ou 20 anos. O técnico hoje aposenta-se com remuneração de R$17.139,26. Esses servidores atuarão na área meio do TCM-Rio.



Até 86 contratações em pauta, aponta estudo

O TCM-Rio poderá contratar até 86 técnicos de controle externo por meio do concurso que se aproxima, durante o prazo de validade dele de dois anos, prorrogável por igual período. É que, segundo o setor de Recursos Humanos do tribunal, 68 técnicos do órgão poderão se aposentar até 13 de fevereiro de 2021, quando o concurso deverá ser encerrado. Somando esse número com o de vagas imediatas (18), chega-se a um total de 86 convocações previstas por meio da seleção. O presidente do TCM-Rio, Thiers Montebello, disse, quando anunciou o concurso, que o principal objetivo dele era suprir as aposentadorias que iriam aparecer no órgão. Quem estuda, portanto, pode ter boas expectativas quanto à chamada de excedentes.

Materiais Completos em PDF e Videoaulas

Marcus Silva orienta a preparação antecipada

Agora que o TCM-Rio definiu o cronograma do concurso para técnico de controle externo, é hora de os candidatos focarem toda a preparação única e exclusivamente para a prova objetiva, marcada para 16 de outubro. A orientação é do especialista em concursos Marcus Silva, do Mentalidade Concurseira e que também é auditor de controle externo do tribunal carioca. Segundo ele, quem já tem alguns meses de preparação precisa, agora, fazer simulados, consolidando o que já foi estudado. “Quem já estava estudando, deve estar na fase de 60%, 70% ou 80% de conteúdo teórico já estudado, com resumos prontos e exercícios feitos. É preciso agora consolidar isso tudo, finalizar os resumos e focar nos simulados, preenchendo todas as lacunas teóricas até o edital, pois nele, provavelmente, virão as surpresas”, orientou.

Já aqueles que ainda irão iniciar os estudos, Marcus Silva orientou que comecem por meio de resumos prontos e confiáveis, e façam, além dos simulados, exercícios resolvidos. “Assim, eles irão tirar as dúvidas e evitarão erros. Os simulados, por sua vez, ajudarão, pois o candidato não pode se dar ao luxo de cumprir uma estratégia com exercícios resolvidos e resumos, sem se testar. Complementem os resumos com as informações que receberem quando tiverem executando os exercícios resolvidos e simulados”, aconselhou Marcus Silva. No Mentalidade Concurseira, por exemplo, os candidatos do TCM-Rio podem ter acesso a simulados e resumos prontos. Uma grande dúvida dos concorrentes, porém, é quantas questões serão cobradas na prova objetiva e qual será a distribuição pelas matérias. Marcus Silva fez uma análise sobre isso.

“Português sempre define qualquer concurso, e costuma ter grande peso. Direito Administrativo tem tudo a ver com a atuação do cargo, principalmente licitações e contratos, e deverá ter bastante questões. Administração Financeira Orçamentária (AFO) e Direito Financeiro também deverão ter grandes pesos. Isso porque ambas possuem conteúdos semelhantes, que poderiam ser cobrados em uma disciplina. Mas, na verdade, conforme informou o tribunal, serão duas, ou seja, deverão ter peso dobrado. Controle Externo e Legislação Específica também são cruciais”, destacou.

Fonte: Com informações da Folha Dirigida

0 comentários:

Postar um comentário