SAIBA COMO FUNCIONA O

4° Simulado Nacional - Área Fiscal

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Concurso TRT GO tem inclusão de novos cargos! Veja aqui análise do edital anterior! Até R$ 12 mil!

Excelente notícia para os concurseiros(as) goianos(as)! O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, com sede em Goiânia, publicou no Diário de Justiça Eletrônico do Trabalho desta sexta-feira, dia 27 de janeiro, a Comissão para a supervisão, coordenação e direção do concurso público autorizado no último dia 13. 
A Comissão é composta pelo pelo Exmo. Desembargador Federal do Trabalho, Paulo Sérgio Pimenta (Presidente), pelo Exmo. Juiz Titular de Vara do Trabalho, Celso Moredo Garcia, e pelos servidores Marcos Balduíno de Oliveira (Secretário) e Sinara de Oliveira Morais Peixoto (Substituta).
Vagas concurso TRT GO (18ª Região)
A Resolução Administrativa 175/2016, publicada no dia (13/1), que autorizou a realização de concurso público para provimento de 4 cargos de técnico judiciário – especialidade Saúde Bucal; 1 cargo de técnico judiciário – Enfermagem; 1 cargo de analista judiciário – especialidade Estatística, além de formação de cadastro de reserva para os cargos de analista judiciário – especialidade Tecnologia da Informação e analista judiciário – área administrativa.

Houve ainda a inclusão de 2 cargos de analistas, para as funções de Analista Judiciário – Odontologia e Analista Judiciário – Medicina do Trabalho, ambos para cadastro de reserva.
O último concurso realizado pelo TRT18 ocorreu em 2013 e seu prazo de validade vai expirar em novembro deste ano. Conforme a Secretaria-Geral Judiciária, com exceção dos cargos de analista judiciário, para a área administrativa e Tecnologia da Informação (TI), os demais cargos acima não foram contemplados pelo último concurso.

Despesas com concurso
A despesa para a realização do concurso, conforme informou a Secretaria de Orçamento e Finanças do TRT18, correrá por conta da dotação orçamentária do programa Apreciação de Causas na Justiça do Trabalho, suplementado por crédito adicional do Orçamento de 2017.




Abaixo, você confere mais detalhes dos cargos do último edital, remunerações dos próximos aprovados e outros detalhes.


A última vez que abriu concurso TRT GO foi em 2013. Na ocasião foram oferecidas 10 vagas para as carreiras de técnico e analista judiciário. O concurso foi encerrado em 2015, e prorrogado por dois anos, tendo validade até o dia 12 de novembro de 2017 para todos os cargos, exceto para Técnico Judiciário, na Especialidade Segurança. Para essa modalidade, o concurso vale até 13 de dezembro de 2017.
O anúncio de intenção de realizar um novo concurso TRT GO 2017 vai ao encontro das pretensões do então presidente da corte, desembargador Aldon Taglialegna, que disse em 2015 das necessidades de um novo certame. Com isso, quem deseja ingressar no judiciário trabalhista goiano deve iniciar imediatamente a preparação.

Provas e matérias do último concurso TRT GO (18ª Região)

Os inscritos no concurso de 2013 foram avaliados conforme o quadro de provas abaixo.


Matérias do último concurso TRT GO

Técnico: Português, Noções de Direito do Trabalho e processual do trabalho, Noções de Gestão Pública, Regimento Interno do TRT 18ª Região, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional e Matemática e Raciocínio lógico-matemático.
Analista: Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Processual do Trabalho, Direito do Trabalho, Direito Civil, Direito Processual Civil, Regimento Interno do TRT 18ª Região. 

Quadro de convocado do último concurso TRT GO



Remunerações do próximo concurso TRT 18

Os próximos concursados que ingressarem no judiciário federal trabalhista goiano contarão com aumento salarial. Com isso, um técnico, que hoje tem inicial de R$ 5.365,92, receberá  R$ 7.591,37 após o fim das parcelas do reajuste. Já o analista passará de R$ 8.803,97 a R$ 12.455,30. Para o ano quem vem os valores estarão em R$ 6.160,75 para técnicos e R$ 10.108 para analistas. O PL prevê reajustes tanto no salário-base quanto na gratificação de atividade judiciária (GAJ). Já o topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701. 
Somado aos vencimentos, temos, ainda, o auxílio-alimentação, que hoje é R$ 884, auxílio-saúde, atualmente de R$ 300, e auxílio-natalidade, de R$ 700. Também pela lei que reestrutura os vencimentos, técnicos judiciários com curso superior receberão 5% como adicional de qualificação. Atualmente, a Lei 11.416/06, que trata das carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, garante esse adicional só para servidores com mestrado, doutorado ou especialização.  Com a  Gratificação de Atividade Externa – GAE, no valor de R$ 1.670,43, o  Analista Judiciário, Área Judiciária, Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal ingressa no TRT 18 com inicial de R$ 14 mil.

Veja, abaixo, os requisitos de alguns cargos, critérios e vantagens garantidas no edital do concurso TRT 18.

  • Analista Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: Curso Superior completo, devidamente reconhecido e conhecimentos de digitação.
Atribuições:  Realizar atividades de nível superior, relacionadas ao planejamento, coordenação, supervisão, orientação e execução de tarefas envolvendo assuntos de natureza administrativa; prestar informações e elaborar relatórios, projetos e pareceres de natureza administrativa; proceder aos estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina para fundamentar análise de processo e tomada de decisão; examinar e elaborar fluxogramas, organogramas e demais esquemas ou gráficos de informações; efetuar pesquisas visando ao aperfeiçoamento do serviço, elaborando projetos de estruturação e reorganização do mesmo; executar trabalhos de natureza técnica para a elaboração de normas e procedimentos pertinentes à área de atuação; realizar e planejar atividades voltadas para a administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, bem como de desenvolvimento organizacional, contadoria e auditoria; redigir, digitar e conferir expedientes diversos; executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade.
  •  Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Saúde Bucal e Enfermagem

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio técnico na respectiva área, além de registro no conselho de classe.

Progressão

 O candidato aprovado no próximo concurso para as carreiras de técnico e analista do Supremo terá as atribuições da Classe A. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe A padrão 1, conforme abaixo.




Entendendo…


Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente os candidatos que ingressarem, serão avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior. Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe e padrão, cerca de 13 anos, quando o servidor fará parte da Classe C – Padrão 13.
A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de uma ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.
Evolução remuneratória: Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. Ganhando inicialmente até R$ 12 mil, o servidor chega a classe especial com mais de R$ 19, conforme abaixo.

Detalhes concurso TRT GO:

  • Concurso: Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT GO)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: Analista; Técnico
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: R$ 7 mil Técnico e R$ 12 mil analista demais áreas
  • SituaçãoAUTORIZADO/COMISSÃO DEFINIDA
  • Previsão p/ publicação do edital: 2017
  • Link do último edital
Fonte: Gran Cursos

0 comentários:

Postar um comentário