SAIBA COMO FUNCIONA O

Coaching Concurseiros e Você

Analytics

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Concurso CGE AL: AUTORIZADO !! 40 vagas de nível superior!


A Controladoria-Geral do Estado de Alagoas (Concurso CGE AL) divulgou em publicação no Diário Oficial do Estado, autorização para realização de concurso público. O certame contará com 40 vagas imediatas, além de formar cadastro de reserva no cargo de Analista de Controle Interno.

De acordo com a publicação, a homologação do concurso deverá acontecer até o dia 7 de julho de 2018 para que os aprovados sejam nomeados ainda este ano. 

Para ingresso no cargo, os candidatos deverão possuir diploma de nível superior em áreas específicas, como Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Civil e Ciências da Computação, entre outras, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Os servidores aprovados no concurso público deverão passar por um curso de capacitação promovido pela Escola de Governo de Alagoas.

Criado pela Lei Estadual 7.972/2017, o cargo ainda não foi definida. De acordo com a assessoria da CGE AL o processo para fixação da remuneração ainda está em andamento.

O concurso público terá validade máxima de dois anos, contados da data de homologação, prorrogável, uma vez, por igual período. O prazo de validade do concurso e as condições de sua realização serão fixados em edital.

Atribuições dos cargos concurso CGE AL

Entre as atribuições do cargo de analista de controle interno estão a promoção do controle social a partir da transparência da gestão pública, coordenar e executar, no âmbito do Poder Executivo Estadual, as atividades de fiscalização, além dos resultados da ação governamental e da gestão dos administradores públicos estaduais, bem como da aplicação de recursos públicos estaduais, da aplicação de recursos públicos por órgãos e entidades de direito público ou privado ou por pessoas físicas, sem prejuízo de outros controles pertinentes.

Ainda na publicação, estão especificadas as regras e exigências sobre a produção do edital, vagas previstas para pessoas com deficiências e as normas para a o desenvolvimento na carreira de analista de controle interno.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Concurso Bacen: Até R$ 19 mil!


Muito aguardado por concurseiros(as) de todo país, o concurso público para os cargos de analista, técnico e procurador do Banco Central do Brasil – Bacen (Concurso Bacen) deverá acontecer em breve. 

Prova disso é que o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, esteve em reunião com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, para verificar o andamento das pautas, em análise na Casa, que contribuirão com a economia do país. Entre elas, o Projeto de Lei 200 de 1989, que se aprovado, dará autonomia orçamentária ao Banco Central. 

Essa autonomia viabilizaria a possibilidade do Bacen realizar concursos sem o aval do Ministério do Planejamento. A autonomia, conforme esclarecimentos do Bacen, contempla as áreas operacional, administrativa e orçamentária. 

A autonomia operacional possibilitaria ao Bacen a liberdade necessária para formular e executar, de maneira técnica e imparcial, as medidas necessárias para atingir os objetivos definidos pelo governo, tais como as metas para inflação. 

Já as autonomias administrativa e orçamentária são fundamentais para a realização de concursos públicos. Sendo o Bacen livre para definir sua atuação e a mobilização de recursos a fim de cobrir suas despesas, tanto as típicas de autoridade monetária quanto as de natureza administrativa, podendo ser revisto o modelo de fluxo orçamentário. 

A proposta encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados. Com a aprovação da proposta pelo presidente da República, o Bacen não dependerá dos ministérios da Fazenda e Planejamento para abrir concursos. 

Concurso Bacen: pedido é de 990 vagas

O Bacen solicitou ao Ministério do Planejamento o provimento de 990 vagas. Foram pedidas 800 vagas no cargo de analista, que tem requisito de formação superior em qualquer área e garante iniciais de R$ 17.391,64. As demais vagas requisitadas, 40, são no cargo de procurador, voltado para advogados com experiência mínima de dois anos de prática forense. Para esse, os iniciais são de R$ 19.655,67. 

Para o cargo de técnico, o pedido foi de 150 vagas. A função tem remuneração inicial de R$6.882,57 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458) e exigência de ensino médio completo. O requisito, no entanto, pode estar com os dias contados. 


Atribuições dos cargos previstos e requisitos: 


· Analista do Banco Central do Brasil 

      Áreas de Conhecimento:
            Área 1 - Análise e Desenvolvimento de Sistemas 
            Área 2 - Suporte à Infra estrutura de Tecnologia da Informação  
            Área 3 - Política Econômica e Monetária 

            Área 4 - Contabilidade e Finanças
            Área 5 - Infraestrutura e Logística  
            Área 6 - Gestão e Análise Processual

Requisitos: independentemente da área, é necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior, em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior autorizada ou credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) 

Atribuições: ao cargo de Analista do Banco Central do Brasil correspondem as atribuições previstas no artigo 3º da Lei nº 9.650, de 1998, a seguir especificadas: I – formulação, execução, acompanhamento e controle de planos, programas e projetos relativos a: a) gestão das reservas internacionais; b) políticas monetária, cambial e creditícia; c) emissão de moeda e papel-moeda; d) gestão de instituições financeiras sob regimes especiais; e) desenvolvimento organizacional; e f) gestão da informação e do conhecimento. II – gestão do sistema de metas para a inflação, do sistema de pagamentos brasileiro e dos serviços do meio circulante. III – monitoramento do passivo externo e a proposição das intervenções necessárias, e outras. 

· Técnico do Banco Central do Brasil 
      
       Áreas de Conhecimento:
            Área 1 - Suporte Técnico-Administrativo
            Área 2 - Segurança Institucional 

Requisitos: independentemente da área, é necessário certificado, devidamente registrado, de conclusão de nível médio completo, fornecido por instituição de ensino reconhecida oficialmente pelo órgão competente. 

Atribuições: ao cargo de Técnico do Banco Central do Brasil correspondem as atribuições previstas no artigo 5º da Lei nº 9.650, de 1998, a seguir especificadas: I – desenvolvimento de atividades técnicas e administrativas complementares às atribuições dos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil. II – apoio técnico-administrativo aos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil no que se refere ao desenvolvimento de suas atividades, e outras. 

   Procurador do Banco Central do Brasil

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), inscrição na OAB e comprovação de, no mínimo, dois anos de prática forense. 

Atribuições: ao cargo de Procurador do Banco Central do Brasil correspondem as atribuições previstas na legislação pertinente, em especial aquelas de que trata o art. 4º da Lei nº 9.650, de 27 de maio de 1998, quais sejam: I – a representação judicial e extrajudicial do Banco Central do Brasil; II – as atividades de consultoria e assessoramento jurídicos ao Banco Central do Brasil; III – a apuração da liquidez e certeza dos créditos, de qualquer natureza, inerentes às suas atividades, inscrevendo-os em dívida ativa, para fins de cobrança amigável ou judicial; e IV – a assistência aos administradores do Banco Central do Brasil no controle interno da legalidade dos atos a serem por eles praticados ou já efetivados 

Progressão

O candidato aprovado no próximo concurso para as carreiras de técnico e analista do Bacen terá as atribuições da Classe A. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe A padrão I, com exceção do posto de procurador, que ingressará na segunda categoria, conforme abaixo: 


CARGO - Analista do Banco Central do Brasil

CLASSE - ESPECIAL    ->    C    ->    B    ->    A

PADRÃO - Especial -> IV, III, II, I
PADRÃO -            C -> IV, III, II, I
PADRÃO -            B -> IV, III, II, I
PADRÃO -            A -> IV, III, II, I                    
Progressão do cargo de analista do concurso Bacen.


CARGO - Técnico do Banco Central do Brasil

CLASSE - ESPECIAL    ->    C    ->    B    ->    A

PADRÃO - Especial -> IV, III, II, I
PADRÃO -            C -> IV, III, II, I
PADRÃO -            B -> IV, III, II, I
PADRÃO -            A -> IV, III, II, I
Progressão do cargo de técnico do concurso Bacen. 


Carreira de Procurador do Banco Central do Brasil

CATEGORIA - Especial    ->   Primeira     ->    Segunda



sábado, 28 de abril de 2018

TRT-SP (2ª região) divulga edital! Até R$12 mil!

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo divulgou, nesta quinta-feira, edital do concurso público para técnicos e analistas judiciários. O edital do concurso TRT-SP foi publicado nesta quinta-feira, 26, no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho. No total, são oferecidas 320 vagas imediatas para técnicos e analistas judiciários, de níveis médio, médio/técnico e superior. Os ganhos podem chegar a R$12.742,14. 

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo contrata pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia. O destaque do concurso TRT-SP é o cargo de técnico administrativo, que exige apenas nível médio completo e tem 144 vagas imediatas. A função tem remuneração de R$7.592,53, já com o auxílio-alimentação de R$884. Esse valor subirá para R$7.746,73 em junho. No nível médio destacam-se também as 35 vagas de técnico de segurança, com ganhos de R$8.650,18, passando em junho para R$8.814,26. No nível superior também há muitas oportunidades.

Os destaques são as 53 vagas de analista judiciário, para graduados em Direito. O rendimento neste caso é de R$11.890,82, passando para R$12.143,81 em junho. O TRT-SP oferece número expressivo de vagas também para analista administrativo, com 27 vagas, e oficial de justiça, com 54. Concurso TRT-SP tem edital divulgado com 320 vagas. No caso do analista administrativo é necessário ter graduação em qualquer área. O rendimento é de R$11.890,82, passando para R$12.143,81 em junho. Para oficial de justiça a exigência é a graduação em Direito. Os ganhos são de R$15.164,03, passando para R$15.433,23 em junho.

É oferecida ainda uma vaga para técnicos de tecnologia da informação e de telefonia e analistas de história, tecnologia da informação, serviço social, biblioteconomia e contabilidade. Para algumas funções o tribunal forma apenas cadastro de reserva. São elas: técnico de enfermagem, com R$7.592,53 mensais, e analistas de várias áreas, todas com ganhos de R$11.890,82. As áreas são Arquivologia, Engenharia, Engenharia (Segurança do Trabalho), Enfermagem, Estatística, Medicina (Cardiologia, Clínico-Geral, Medicina do Trabalho e Psiquiatria), Nutrição e Psicologia. Para os cargos com vagas também será formado cadastro de reserva. A validade do concurso é de dois anos, podendo dobrar.

terça-feira, 24 de abril de 2018

SEFAZ-RS (ICMS): 50 vagas para auditor autorizadas! Até R$ 21,4 mil!



Excelente oportunidade anunciada para os concurseiros/as do Rio Grande do Sul. O governador do estado, José Ivo Sartori, autorizou, de forma excepcional, a realização de um novo concurso público com oferta de 50 vagas para a carreira de Auditor-Fiscal da Receita Estadual do Quadro de Pessoal Efetivo da Secretaria da fazenda. 



O anúncio realizado pelo secretário Adjunto da Fazenda, Luiz Antônio Bins, foi realizado no dia 20 de abril, durante a abertura do 19º encontro do Fisco Estadual do Rio Grande do Sul. Bins informou ainda que as carreiras de Técnico Tributário da Receita Estadual e Assistente Administrativo Fazendário também poderão prover vagas. 


O cargo exige nível superior em Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Jurídicas e Sociais ou Administração e tem como atribuições básicas de lavrar termos, intimações, notificações, autos de apreensão, na conformidade da legislação competente, além de dar início à ação fiscal, executar a auditoria fiscal em relação a contribuintes e demais pessoas naturais ou jurídicas envolvidas na relação jurídico-tributária e constituir o crédito tributário mediante o respectivo lançamento, etc. Os vencimentos estão em torno de R$ 21,4 mil.

Fonte: Grancursos Online

terça-feira, 17 de abril de 2018

TJ-SC: Edital publicado para níveis médio e superior!


O edital do concurso TJ-SC 2018 foi divulgado no fim da tarde desta segunda-feira, 16. O concurso é para a área de apoio do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. São 26 vagas imediatas. Deste total nove para nível superior e 17 para nível médio. Mesmo com questionamentos anteriormente, a Fundação Getulio Vargas (FGV) é mesmo a organizadora.

Já a distribuição das vagas por cargo ficou da seguinte maneira: 

Nível médio: 

- Cargo de técnico judiciário auxiliar; 
- Oferta de 17 vagas e cadastro;
- Vencimento básico de R$3.576,54; 
- Carga horária semanal de 35 horas 

Nível superior: 

- Cargos de analista administrativo, analista jurídico, oficial de justiça e avaliador, oficial da infância e juventude, arquiteto, engenheiro eletricista, engenheiro civil, e enfermeiro;
- Oferta de 9 vagas e cadastro;
- Vencimento básico de R$6.156,63; 
- Carga horária semanal de 35 horas



Inscrições no concurso TJ-SC 2018 abrem dia 23 

As provas serão realizadas nas cidades catarinenses de Florianópolis, Criciúma, Lages, Joinville, Blumenau, Itajaí, Canoinhas, Chapecó e Joaçaba. As avaliações serão no dia 22 de julho, em dois turnos. O concurso será válido por dois anos, prazo em que o cadastro de reserva poderá ser aproveitado.

Fonte: Folha Dirigida



quinta-feira, 12 de abril de 2018

TRT-SP: Edital para este mês de abril!

Excelente notícia para os concurseiros/as que pretendem ingressar no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (Concurso TRT SP), que abrange a 2ª Região. É que o órgão anunciou, por meio de suas redes sociais, que o edital TRT SP para abertura do concurso público para técnico e analista judiciário sairá até o fim deste mês. 



“Atenção, concurseiros: a Fundação Carlos Chagas (FCC) foi confirmada como a banca do próximo concurso para servidores do #TRT2! A assinatura do contrato ocorreu hoje e a previsão é de que o edital seja publicado ainda em abril..."

O motivo pelo qual o tribunal corre contra o tempo é a demanda crescente de servidores que não são repostos em razão de aposentadorias e falecimentos. Somente nessas duas posições, há mais de 260 cargos abertos entre técnicos e analistas (veja o quadro abaixo). 

A informação é do portal da transparência, e do total, 104 são de analista, 120 de técnico e 40 de auxiliar, que são os atuais técnicos.De acordo com o despacho administrativo, ficou constituída a comissão, definindo os membro da comissão do concurso TRT SP, que deve ter edital publicado já nas próximas semanas (veja despacho abaixo). 


Cargos programados para o próximo concurso TRT SP

Analista Judiciário – Área Judiciária 

Requisitos: diploma ou Certificado de curso de Graduação em Direito, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). 

Atribuições: analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres; proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer; etc. 

Analista Judiciário – Área Administrativa 

Requisitos: diploma ou Certificado de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive Licenciatura Plena, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). 

Atribuições: realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; etc. 

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade – Enfermagem 

Requisitos: diploma ou Certificado de Graduação em Enfermagem, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no Conselho Regional de Enfermagem. 

Atribuições: realizar procedimentos de enfermagem segundo prescrição médica ou odontológica; preparar e esterilizar material, instrumental e equipamentos; etc. 

Técnico Judiciário – Área Administrativa 

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º
grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC 

Atribuições: prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária. 

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança 

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E. 

Atribuições: atuar na segurança dos magistrados, das autoridades, dos servidores e das instalações do Tribunal; realizar investigações preliminares; conduzir veículos automotores; etc. 

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem 

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º
grau) expedido por Instituição de Ensino devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), acrescido de certificado de curso técnico de enfermagem e registro no Conselho Regional da categoria. 

Atribuições: auxiliar na realização de procedimentos de enfermagem segundo prescrição médica ou odontológica; preparar e esterilizar material, instrumental e equipamentos; etc. 

Remunerações e regime 

O regime de contratação será o estatutário, o que atrai as atenções do concurseiros/as. Além da sonhada estabilidade, as carreiras apresentam remunerações destacadas. Exigindo apenas o nível médio, o cargo de técnico judiciário tem vencimento atual de R$ 7 mil, enquanto para analista, os ganhos mensais são de R$ 12, podendo alcançar R$ 14 para oficial de justiça avaliador federal. Em ambos os casos, já incluído o valor de R$ 884 de auxílio-alimentação. Os valores podem ainda ser acrescidos de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenham filho. 

Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho deste ano pelo governo, onde são reajustados tanto o salário-base quanto a gratificação de atividade judiciária (GAJ). No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701.


terça-feira, 10 de abril de 2018

TJ-SC define FGV como organizadora! Oferta para níveis médio e superior!

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (Concurso TJ SC) ofertará 26 (vinte e seis) vagas para provimento imediato, além da formação de cadastro de reserva, para o quadro de pessoal efetivo do Poder Judiciário do Estado de Santa Catarina. Ele depende apenas da finalização dos últimos detalhes do edital, que são de responsabilidade da FGV, organizadora. 

“O contrato entre a FGV e o TJ-SC continua vigente e logo será publicado o edital do concurso de servidores do quadro do Poder Judiciário”, informou em nota oficial Fernanda Regina Battisti de Souza, secretária do setor Comissão de Concursos. 

O último passo para que isso ocorra já foi dado e trata-se da efetivação do contrato com a organizadora, conforme publicado no Diário Eletrônico da Justiça. As chances serão para as carreiras de técnico judiciário e analista – áreas administrativa, judiciária e outras.


Fonte: Grancursos Online

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Entrevista com Anaiara Josephat

Com grande satisfação que entrevistamos a nossa coachee, Anaiara Josephat, aprovada no concurso CAGE 2018 para Auditor do Estado. Aluna do coaching concurseiros desde 2017, mas antes já trabalhava com nossos simulados nacionais. Durante este tempo que passou estudando conosco, adquiriu experiência para atingir a aprovação. Confira a entrevista realizada por nosso coordenador pedagógico Luiz Claudio Nogaroto !

Para as informações completas acerca do projeto: goo.gl/2s3DHJ


Inscreva-se em nosso Canal do Youtube: goo.gl/N9mrvM

Curta nossa Page no Facebook: goo.gl/v3DR5c

Siga nosso Instagram: goo.gl/w3wwcQ

Marcus Pizzato - 1° Colocado Cage 2018

Com grande satisfação que entrevistamos o nosso coachee, Marcus Pizzato, 1º colocado no concurso CAGE 2018 para Auditor do Estado. Aluno do coaching concurseiros desde 2016, através de muitas pesquisas na internet conseguiu nos encontrar. Durante este tempo que passou estudando conosco, adquiriu confiança e experiência para atingir a aprovação. Confira nossa entrevista com a coach Danielle Souza!

Para as informações completas acerca do projeto: goo.gl/2s3DHJ


Inscreva-se em nosso Canal do Youtube: goo.gl/N9mrvM

Curta nossa Page no Facebook: goo.gl/v3DR5c

Siga nosso Instagram: goo.gl/w3wwcQ

quinta-feira, 5 de abril de 2018

SEFAZ-GO: Edital será publicado nesse semestre! Inicial de R$ 20,9 mil!

A Secretaria de Estado da Fazenda de Goiás terá seu edital Sefaz GO publicado até o fim deste semestre. Segundo publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, dia 05 de abril, foi publicado um decreto que reduz o valor da taxa de serviço estadual de inscrição do concurso para provimento do cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual de nível superior. 

A taxa de serviço estadual de inscrição para o concurso público de nível superior do cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, constante do item c, subitem 4.1.3, da Tabela Anexo III da Lei nº 11.651, de 26 de dezembro de 1991, Código Tributário do Estado de Goiás, fica reduzida para o valor de R$ 200,00 (duzentos reais). 


Documento divulgado no Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, demonstra que o edital sairá este semestre. Informa também que as inscrições abrem no mesmo mês de publicação (junho) e as provas aplicadas em setembro (veja abaixo as etapas). Essa é uma expectativa e por esse motivo o documento não está mais disponível ao público. 

O objetivo é receber as propostas das interessadas em organizar o concurso neste mês, assinar o contrato em abril e aplicar as provas em setembro. A homologação está prevista para janeiro de 2019. 

Segundo informou o secretário da Fazenda, Glaucus Moreira, o edital do concurso público para provimento do cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, Classe A, Padrão 1 está previsto para o primeiro semestre deste ano, ou seja, até junho. Em publicação no Diário Oficial do Estado ficou definida a comissão especial do concurso. 

São oferecidas 30 vagas para auditor fiscal, com possibilidade de inserção de cadastro de reserva. O inicial para o cargo em Goiás é de R$ 20,9 mil. A composição é de seis servidores que deverão fazer publicar os editais referentes ao concurso público; traçar as diretrizes do concurso público, orientando o órgão responsável pela sua execução. 

O presidente da Comissão Especial de Concurso Público fica responsável por assinar os editais de concurso público e responder pela pela correta atuação da comissão e do órgão executor do certame.




Atualmente o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual de Goiás possui o subsídio inicial de R$ 20, 9 mil, sendo a remuneração inicial no valor de R$ 14.505,33, conforme a lei nº 17.032 de 2010. Atualmente a carreira de Auditor Fiscal da Receita Estadual possui 100 vagas não nível I, conforme a Lei nº 17.032/2010 e exige nível superior em qualquer área. 

Entre as atribuições estão executar tarefas de arrecadação de tributos estaduais, quando decorrentes da atividade defiscalização em unidade fixa ou móvel; constituir o crédito tributário decorrente do exercício das correspondentes tarefas de fiscalização, etc. 


Fonte: Grancursos

terça-feira, 3 de abril de 2018

Concurso Sefaz-DF autorizado! Iniciais de R$ 14 mil!

Excelente notícia para os concurseiros/as da área fiscal. A Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal (Concurso Sefaz DF) realizará concurso público para autorização do concurso público para Auditor Fiscal da Receita do Distrito Federal da Carreira de Auditoria Tributária do Distrito Federal. Segundo anunciado nas redes sociais pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg, serão ofertadas 120 vagas, sendo 40 imediatas e 80 para formação de cadastro de reserva. 



O concurso Sefaz DF será para o provimento de 40 (quarenta) vagas e cadastro de reserva de duas vezes o número de vagas para a Carreira de Auditoria Tributária do Distrito Federal, totalizando 120 oportunidades até o fim do prazo de validade do concurso, que é de dois anos, podendo dobrar. 



O cargo de auditor da Sefaz DF exige dos candidatos nível superior em qualquer área de formação, pagando remuneração inicial para a carreira de R$ 14.970, mas ao passar dos anos (15 a 16) é possível ganhar até R$ 22.196,62. 


Fonte: Grancursos Online

Projeto Alta Performance: Coaching Concurseiros

Para conseguir a aprovação no concurso do SEFAZ-DF, além de muito empenho e dedicação, faz- se necessária uma preparação estruturada, com planejamentos e metas bem definidos e adequados ao perfil de cada candidato, com supervisão em tempo integral evitando os desvios de rota que assolam tão frequentemente os candidatos, com a utilização de sistemas e ferramentas capazes de promover um estudo eficiente, alavancando a performance dos candidatos.

Veja abaixo alguns diferenciais que fazem da preparação do Coaching Concurseiros a melhor e mais completa do país:

🎯Preparação especializada e realmente personalizada;

💻A mais moderna e completa plataforma de estudos do país;

📈Monitoramento de todos os dados em tempo real pela plataforma (Não há utilização de planilhas em excel);

📈 Aferição e controle da velocidade de estudo, capaz de detectar e corrigir situações de deficiências na evolução de cada aluno;

🎤🎧🖥📞📱Comunicação célere e eficiente entre coach/coachee: canal direto (plataforma), WhatsApp, e-mail, telefone, redes sociais, Skype e Stream;

🕵🕵🏻‍♀️Todos os Mentores são altamente especializados na preparação para concursos públicos, além de ocuparem cargos relevantes em carreiras típicas de Estado;

📈 Simulados de provas objetivas a cada 35 dias, com ranking, relatório de desempenho, detecção de pontos de melhoria e comparativo matéria a matéria com os desempenhos dos primeiros colocados;

📈 Simulados de provas discursivas, com correção de conteúdo e de uso do idioma realizada por profissional com formação e experiência na área;

📊Relatórios estruturados produzidos semanalmente (ou a qualquer momento, se necessário);

📕📗Materiais Próprios e Exclusivos em disciplinas-chave;



🕵🕵 Equipes de suporte administrativo e de tecnologia da informação sempre de prontidão para subsidiar o atendimento;

📊 94% dos alunos com suas expectativas superadas!