SAIBA COMO FUNCIONA O

Coaching Concurseiros e Você

Analytics

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Polícia Federal: saiu o EDITAL com 500 vagas!

Acaba de sair o aguardado edital do concurso para a Polícia Federal! O documento de abertura do certame foi publicado no Diário Oficial da União de hoje (15 de junho).
São ofertadas 500 vagas imediatas, distribuídas entre os cargos de Delegado de Polícia Federal (150), Perito Criminal (60), Escrivão de Polícia Federal (80), Papiloscopista (30) e Agente de Polícia Federal (180).

Inscrições
Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe receberá as inscrições dos interessados no período de 19 de junho de 2018 a 02 de julho de 2018.

Parte inferior do formulárioRequisitos e Remunerações
Os cargos de agente e escrivão admitem graduados em qualquer área de formação. Os rendimentos iniciais para esses cargos são de quase R$ 12. Para os policiais lotados nas regiões de fronteira, a Lei 12.855 instituiu em 2013 o pagamento de uma indenização no valor de R$ 91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$ 2 mil por mês, aproximadamente.
Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 22 mil no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458. 


Projeto Alta Performance: Coaching Concurseiros


O Coaching Concurseiros possui a melhor e mais completa preparação para concursos do país. Para conhecer os detalhes deste superprojeto, CLIQUE AQUI!!

Abaixo, seguem alguns diferenciais do Coaching Concurseiros:

🎯Preparação especializada e realmente personalizada;

💻A mais moderna e completa plataforma de estudos do país;

📈Monitoramento de todos os dados em tempo real pela plataforma (Não há utilização de planilhas em excel);

📈 Aferição e controle da velocidade de estudo, capaz de detectar e corrigir pontos de deficiência na evolução de cada aluno;

🎤🎧🖥📞📱Comunicação célere e eficiente entre coach/coachee: canal direto (plataforma), WhatsApp, e-mail, telefone, redes sociais, Skype e Stream;

🕵🕵🏻‍♀️Todos os Mentores são altamente especializados na preparação para concursos públicos, além de ocuparem cargos relevantes em carreiras típicas de Estado;

📈 Simulados de provas objetivas, em média, a cada 35 dias, com ranking, relatório de desempenho, detecção de pontos de melhoria e comparativo matéria a matéria com os desempenhos dos primeiros colocados;

📈 Simulados de provas discursivas, com correção de conteúdo e de uso do idioma, realizada por profissional com formação e experiência na área;

📊Relatórios estruturados produzidos e disponibilizados semanalmente (ou a qualquer momento, se necessário);

📕📗Materiais Próprios e Exclusivos em disciplinas-chave (Confira os Cursos Exclusivos para Alunos);

🕵🕵 Equipes de suporte administrativo e de tecnologia da informação sempre de prontidão para subsidiar o atendimento;

📊 94% dos alunos com suas expectativas superadas!


Você quer ter a melhor preparação para Agente da Polícia Federal? Então, não perca tempo!

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Concurso PF: o Edital está a Caminho!




A expectativa pelo edital do concurso da Polícia Federal está alta. Mas, calma, porque o documento ainda não foi assinado pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para que seja publicado no Diário Oficial da União.

O setor de concursos da Polícia Federal falou que a assinatura do ministro é o aval para que o diretor de gestão da PF, Delano Bunn, libere a publicação e enfim o edital seja publicado. 


Enquanto isso, nós do Coaching Concurseirios estamos com um grande Projeto em andamento. Clique aqui para ver os detalhes do Projeto, porque já estamos preparados.

Confira a distribuição das vagas do concurso PF:
Agente – 180 vagas;
Delegado – 150 vagas;
Escrivão – 80 vagas;
Perito – 60 vagas;
Papiloscopista – 30 vagas.

terça-feira, 29 de maio de 2018

Concurso TCE RS: SAIU O EDITAL para Auditor! Inicial de R$ 13,5 mil!


Foi publicado no Diário Oficial do Rio Grande do Sul o edital de abertura do concurso público para o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (Concurso TCE RS 2018). 

O certame visa o preenchimento inicial de 18 vagas, além de cadastro de reserva, que deverá ser utilizado durante o prazo de validade do certame, que é de dois anos, podendo dobrar. 
Concurso TCE RS: Do cargo 

O cargo disponível é o de Auditor Público Externo, distribuído entre as áreas de Administração Pública ou Empresas (6 vagas), Ciências Econômicas (6 vagas), e Ciências Jurídicas e Sociais (6 vagas). Para se candidatar é necessário possuir diplomata de nível superior completo, reconhecido pelo Ministério da Educação. A remuneração inicial é de R$ 16.396,06. 

Os interessados poderão se inscrever a partir das 10h do dia 04 de junho de 2018 às 14h do dia 06 de julho de 2018. Para tanto, deverão acessar o site da organizadora, a Fundação Carlos Chagas, e preencher o formulário.

Clique aqui para ver o: EDITAL

Clique aqui e confira alguns cursos para esse concurso.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

ISS-SBC: Edital publicado para níveis médio e superior


Foram divulgados quatro editais do novo concurso da Prefeitura de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. No total, serão preenchidas 752 vagas.

Profissionais com ensino médio têm opções como: Analista de transportes (3 - R$ 3.945,81), auxiliar de serviços de agrimensura (1 - R$ 2.809,62), oficial administrativo (100 - R$ 1.722,95), guarda civil municipal - homem (70 - R$ 2.239,83), guarda civil municipal - mulher (30 - R$ 2.239,83) e professor de educação básica I (300 - até R$ 3.715,41).

As ofertas de nível superior no concurso da Prefeitura de São Bernardo são para:
Procurador (9 - R$ 9.611,41),
Agente contábil (5 - R$ 4.715,83),
Agente de controladoria (2 - R$ 4.715,83),
Agente de tesouraria (3 - R$ 4.715,83),
Analista tributário financeiro (1 - R$ 7.903,21),
Arquiteto (10 - R$ 7.903,21),
Assistente jurídico (1 - R$ 5.586,87),
Assistente social (1 - R$ 5.187,41),
Contador (3 - R$ 7.903,21),
Desenhista (1 - R$ 5.107,20),
Engenheiro civil (9 - R$ 7.903,21),
Engenheiro eletricista (2 - R$ 7.903,21),
Fiscal de cadastro tributário (5 - R$ 4.715,83),
Fiscal I (32 - R$ 4.715,83),
Fisioterapeuta (1 - R$ 3.890,62),
Fonoaudiólogo (1 - R$ 5.187,41),
Geólogo (1 - R$ 5.946,50),
Psicólogo (9 - R$ 5.946,50),
Psicólogo - Secretaria de Educação (1 - R$ 5.187,41),
Técnico em agrimensura (9 - R$ 6.533,60),
Técnico em licitações (13 - R$ 4.324,61),
Técnico em meio ambiente (3 - R$ 4.715,83),
Terapeuta ocupacional (1 - R$ 3.890,62),
Coordenador pedagógico (35 - R$ 5.402,51),
Diretor escolar (50 - R$ 5.617,91),
Orientador pedagógico (5 - R$ 5.617,91)
Professor nas áreas arte (10 - até R$ 3.938,33),
Educação física (15 - até R$ 3.938,33),
Educação especial – áudio comunicação (1 - até R$ 4.132,14),
Educação especial - deficiência intelectual/mental (8 - até R$ 4.132,14)
Educação especial - deficiência visual (1 - até R$ 4.132,14). 

Inscrições e etapas do concurso da Prefeitura de São Bernardo do Campo 2018

As inscrições vão de 6 a 26 de junho, por meio do site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). S
ão cobradas taxas de R$ 56,50 (nível médio) e R$ 82,20 (superior).

Em 26 de agosto, a banca aplicará prova objetiva para todos os candidatos, além de exame prático-profissional apenas para os concorrentes a procurador.
As outras etapas do processo seletivo envolvem: análise de títulos (procurador, professor, coordenador pedagógico, diretor escolar e orientador pedagógico) e teste físico, avaliação psicológica e curso de formação (guarda civil municipal), em datas a serem definidas.
De acordo com os editais, o concurso da Prefeitura de São Bernardo do Campo terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Concurso SEFAZ SE: autorizado novo concurso para Auditor Técnico de Tributos após 29 anos


A solicitação foi deferida em reunião ordinária no dia 23 de maio, segundo o documento publicado, são previstas 5 vagas imediatas, podendo ser classificadas no até 40 candidatos.
O último concurso para o órgão aconteceu há 29 anos (em 1989). Desde então, não houve nenhuma informação a respeito de um novo certame.

Auditor Técnico de Tributos
Conforme dito acima, o último concurso para o cargo aconteceu no ano de 1989, portanto, não há informações a respeito de seu edital, mas segundo a Lei do cargo (Lei Complementar N. 67/2001), é possível conhecer alguns detalhes sobre o mesmo:
Atribuições do Cargo
As competências conferidas privativamente aos integrantes da Carreira de Auditor Técnico de Tributos I compreendem as seguintes atribuições
  • Efetuar a fiscalização e o lançamento dos tributos estaduais;
  • Verificar o cumprimento das obrigações tributárias, principais e acessórias, nos estabelecimentos;
  • Efetuar levantamento físico de mercadorias em estabelecimentos;
  • Visar documentos fiscais nos casos previsto na legislação;
  • Conceder regimes aduaneiros especiais;
  • Solicitar informações que se relacionem com os bens, negócios ou atividades de terceiros, às pessoas e entidades legalmente obrigadas;
  • Apreender mercadorias, livros, arquivos, documentos, papéis e efeitos comerciais ou fiscais nas hipóteses previstas na legislação tributária;
  • Intimar o contribuinte para defender-se, junto à repartição fazendária, em processo instaurado por desatendimento aos deveres fiscais;
  • Praticar todos os atos concernentes à verificação do cumprimento das obrigações tributárias por parte do contribuinte ou responsável;
  • Representação técnica junto ao Fisco e outras entidades públicas nas esferas federal, estadual e municipal;
  • Julgar os processos administrativos fiscais em primeira instância no âmbito da Secretaria de Estado da Fazenda…

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Concurso PF: Cebraspe já foi definido como banca, afirma Fenapef




A banca do concurso PF já está definida. A novidade agora é que o nome da instituição foi revelado. Como já esperado, o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) será o organizador da seleção.A informação foi passada pelo presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens. Segundo o representante da federação, ele obteve a confirmação na última terça-feira, 22, com a Diretoria de Gestão da Polícia Federal.

Agora, tudo depende da finalização de trâmites burocráticos para oficializar a contratação do Cebraspe. De acordo com ele, a escolha da banca ainda em maio faz com que a PF consiga cumprir a previsão inicial de publicar o edital em junho."A chance de se manter o cronograma previsto do concurso, e termos edital publicado no primeiro semestre, só aumenta", disse o presidente da Fenapef. Ainda no que diz respeito a publicação do edital da PF, o site do jornal "Diário do Nordeste" publicou que o diretor geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, declarou que este será mesmo publicado em junho.

A declaração foi dada durante o evento de posse da nova superintendente regional da PF em Fortaleza, na terça-feira, 22.O setor de concursos da PF informou ainda que o processo encontrava-se na Diretoria de Logística, foi encaminhado para análise e dependia de um aval final. Agora, a portaria da dispensa deverá ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias. A Polícia Federal também já confirmou que trabalha com a intenção de publicar o edital dentro dessa previsão. Tudo depende do processo de contratação da banca. A PF tocou tudo com celeridade, como também já trabalha na confecção do edital.Sendo assim, tão logo a banca seja oficializada e o contrato seja assinado, o edital deverá ser divulgado logo em seguida. A única pendência entre o Cebraspe e a PF será referente ao cronograma do concurso, que será fechado em acordo com ambas.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Concurso CGE AL: AUTORIZADO !! 40 vagas de nível superior!


A Controladoria-Geral do Estado de Alagoas (Concurso CGE AL) divulgou em publicação no Diário Oficial do Estado, autorização para realização de concurso público. O certame contará com 40 vagas imediatas, além de formar cadastro de reserva no cargo de Analista de Controle Interno.

De acordo com a publicação, a homologação do concurso deverá acontecer até o dia 7 de julho de 2018 para que os aprovados sejam nomeados ainda este ano. 

Para ingresso no cargo, os candidatos deverão possuir diploma de nível superior em áreas específicas, como Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Civil e Ciências da Computação, entre outras, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Os servidores aprovados no concurso público deverão passar por um curso de capacitação promovido pela Escola de Governo de Alagoas.

Criado pela Lei Estadual 7.972/2017, o cargo ainda não foi definida. De acordo com a assessoria da CGE AL o processo para fixação da remuneração ainda está em andamento.

O concurso público terá validade máxima de dois anos, contados da data de homologação, prorrogável, uma vez, por igual período. O prazo de validade do concurso e as condições de sua realização serão fixados em edital.

Atribuições dos cargos concurso CGE AL

Entre as atribuições do cargo de analista de controle interno estão a promoção do controle social a partir da transparência da gestão pública, coordenar e executar, no âmbito do Poder Executivo Estadual, as atividades de fiscalização, além dos resultados da ação governamental e da gestão dos administradores públicos estaduais, bem como da aplicação de recursos públicos estaduais, da aplicação de recursos públicos por órgãos e entidades de direito público ou privado ou por pessoas físicas, sem prejuízo de outros controles pertinentes.

Ainda na publicação, estão especificadas as regras e exigências sobre a produção do edital, vagas previstas para pessoas com deficiências e as normas para a o desenvolvimento na carreira de analista de controle interno.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Concurso Bacen: Até R$ 19 mil!


Muito aguardado por concurseiros(as) de todo país, o concurso público para os cargos de analista, técnico e procurador do Banco Central do Brasil – Bacen (Concurso Bacen) deverá acontecer em breve. 

Prova disso é que o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, esteve em reunião com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, para verificar o andamento das pautas, em análise na Casa, que contribuirão com a economia do país. Entre elas, o Projeto de Lei 200 de 1989, que se aprovado, dará autonomia orçamentária ao Banco Central. 

Essa autonomia viabilizaria a possibilidade do Bacen realizar concursos sem o aval do Ministério do Planejamento. A autonomia, conforme esclarecimentos do Bacen, contempla as áreas operacional, administrativa e orçamentária. 

A autonomia operacional possibilitaria ao Bacen a liberdade necessária para formular e executar, de maneira técnica e imparcial, as medidas necessárias para atingir os objetivos definidos pelo governo, tais como as metas para inflação. 

Já as autonomias administrativa e orçamentária são fundamentais para a realização de concursos públicos. Sendo o Bacen livre para definir sua atuação e a mobilização de recursos a fim de cobrir suas despesas, tanto as típicas de autoridade monetária quanto as de natureza administrativa, podendo ser revisto o modelo de fluxo orçamentário. 

A proposta encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados. Com a aprovação da proposta pelo presidente da República, o Bacen não dependerá dos ministérios da Fazenda e Planejamento para abrir concursos. 

Concurso Bacen: pedido é de 990 vagas

O Bacen solicitou ao Ministério do Planejamento o provimento de 990 vagas. Foram pedidas 800 vagas no cargo de analista, que tem requisito de formação superior em qualquer área e garante iniciais de R$ 17.391,64. As demais vagas requisitadas, 40, são no cargo de procurador, voltado para advogados com experiência mínima de dois anos de prática forense. Para esse, os iniciais são de R$ 19.655,67. 

Para o cargo de técnico, o pedido foi de 150 vagas. A função tem remuneração inicial de R$6.882,57 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458) e exigência de ensino médio completo. O requisito, no entanto, pode estar com os dias contados. 


Atribuições dos cargos previstos e requisitos: 


· Analista do Banco Central do Brasil 

      Áreas de Conhecimento:
            Área 1 - Análise e Desenvolvimento de Sistemas 
            Área 2 - Suporte à Infra estrutura de Tecnologia da Informação  
            Área 3 - Política Econômica e Monetária 

            Área 4 - Contabilidade e Finanças
            Área 5 - Infraestrutura e Logística  
            Área 6 - Gestão e Análise Processual

Requisitos: independentemente da área, é necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior, em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior autorizada ou credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) 

Atribuições: ao cargo de Analista do Banco Central do Brasil correspondem as atribuições previstas no artigo 3º da Lei nº 9.650, de 1998, a seguir especificadas: I – formulação, execução, acompanhamento e controle de planos, programas e projetos relativos a: a) gestão das reservas internacionais; b) políticas monetária, cambial e creditícia; c) emissão de moeda e papel-moeda; d) gestão de instituições financeiras sob regimes especiais; e) desenvolvimento organizacional; e f) gestão da informação e do conhecimento. II – gestão do sistema de metas para a inflação, do sistema de pagamentos brasileiro e dos serviços do meio circulante. III – monitoramento do passivo externo e a proposição das intervenções necessárias, e outras. 

· Técnico do Banco Central do Brasil 
      
       Áreas de Conhecimento:
            Área 1 - Suporte Técnico-Administrativo
            Área 2 - Segurança Institucional 

Requisitos: independentemente da área, é necessário certificado, devidamente registrado, de conclusão de nível médio completo, fornecido por instituição de ensino reconhecida oficialmente pelo órgão competente. 

Atribuições: ao cargo de Técnico do Banco Central do Brasil correspondem as atribuições previstas no artigo 5º da Lei nº 9.650, de 1998, a seguir especificadas: I – desenvolvimento de atividades técnicas e administrativas complementares às atribuições dos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil. II – apoio técnico-administrativo aos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil no que se refere ao desenvolvimento de suas atividades, e outras. 

   Procurador do Banco Central do Brasil

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), inscrição na OAB e comprovação de, no mínimo, dois anos de prática forense. 

Atribuições: ao cargo de Procurador do Banco Central do Brasil correspondem as atribuições previstas na legislação pertinente, em especial aquelas de que trata o art. 4º da Lei nº 9.650, de 27 de maio de 1998, quais sejam: I – a representação judicial e extrajudicial do Banco Central do Brasil; II – as atividades de consultoria e assessoramento jurídicos ao Banco Central do Brasil; III – a apuração da liquidez e certeza dos créditos, de qualquer natureza, inerentes às suas atividades, inscrevendo-os em dívida ativa, para fins de cobrança amigável ou judicial; e IV – a assistência aos administradores do Banco Central do Brasil no controle interno da legalidade dos atos a serem por eles praticados ou já efetivados 

Progressão

O candidato aprovado no próximo concurso para as carreiras de técnico e analista do Bacen terá as atribuições da Classe A. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe A padrão I, com exceção do posto de procurador, que ingressará na segunda categoria, conforme abaixo: 


CARGO - Analista do Banco Central do Brasil

CLASSE - ESPECIAL    ->    C    ->    B    ->    A

PADRÃO - Especial -> IV, III, II, I
PADRÃO -            C -> IV, III, II, I
PADRÃO -            B -> IV, III, II, I
PADRÃO -            A -> IV, III, II, I                    
Progressão do cargo de analista do concurso Bacen.


CARGO - Técnico do Banco Central do Brasil

CLASSE - ESPECIAL    ->    C    ->    B    ->    A

PADRÃO - Especial -> IV, III, II, I
PADRÃO -            C -> IV, III, II, I
PADRÃO -            B -> IV, III, II, I
PADRÃO -            A -> IV, III, II, I
Progressão do cargo de técnico do concurso Bacen. 


Carreira de Procurador do Banco Central do Brasil

CATEGORIA - Especial    ->   Primeira     ->    Segunda



sábado, 28 de abril de 2018

TRT-SP (2ª região) divulga edital! Até R$12 mil!

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo divulgou, nesta quinta-feira, edital do concurso público para técnicos e analistas judiciários. O edital do concurso TRT-SP foi publicado nesta quinta-feira, 26, no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho. No total, são oferecidas 320 vagas imediatas para técnicos e analistas judiciários, de níveis médio, médio/técnico e superior. Os ganhos podem chegar a R$12.742,14. 

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo contrata pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia. O destaque do concurso TRT-SP é o cargo de técnico administrativo, que exige apenas nível médio completo e tem 144 vagas imediatas. A função tem remuneração de R$7.592,53, já com o auxílio-alimentação de R$884. Esse valor subirá para R$7.746,73 em junho. No nível médio destacam-se também as 35 vagas de técnico de segurança, com ganhos de R$8.650,18, passando em junho para R$8.814,26. No nível superior também há muitas oportunidades.

Os destaques são as 53 vagas de analista judiciário, para graduados em Direito. O rendimento neste caso é de R$11.890,82, passando para R$12.143,81 em junho. O TRT-SP oferece número expressivo de vagas também para analista administrativo, com 27 vagas, e oficial de justiça, com 54. Concurso TRT-SP tem edital divulgado com 320 vagas. No caso do analista administrativo é necessário ter graduação em qualquer área. O rendimento é de R$11.890,82, passando para R$12.143,81 em junho. Para oficial de justiça a exigência é a graduação em Direito. Os ganhos são de R$15.164,03, passando para R$15.433,23 em junho.

É oferecida ainda uma vaga para técnicos de tecnologia da informação e de telefonia e analistas de história, tecnologia da informação, serviço social, biblioteconomia e contabilidade. Para algumas funções o tribunal forma apenas cadastro de reserva. São elas: técnico de enfermagem, com R$7.592,53 mensais, e analistas de várias áreas, todas com ganhos de R$11.890,82. As áreas são Arquivologia, Engenharia, Engenharia (Segurança do Trabalho), Enfermagem, Estatística, Medicina (Cardiologia, Clínico-Geral, Medicina do Trabalho e Psiquiatria), Nutrição e Psicologia. Para os cargos com vagas também será formado cadastro de reserva. A validade do concurso é de dois anos, podendo dobrar.

terça-feira, 24 de abril de 2018

SEFAZ-RS (ICMS): 50 vagas para auditor autorizadas! Até R$ 21,4 mil!



Excelente oportunidade anunciada para os concurseiros/as do Rio Grande do Sul. O governador do estado, José Ivo Sartori, autorizou, de forma excepcional, a realização de um novo concurso público com oferta de 50 vagas para a carreira de Auditor-Fiscal da Receita Estadual do Quadro de Pessoal Efetivo da Secretaria da fazenda. 



O anúncio realizado pelo secretário Adjunto da Fazenda, Luiz Antônio Bins, foi realizado no dia 20 de abril, durante a abertura do 19º encontro do Fisco Estadual do Rio Grande do Sul. Bins informou ainda que as carreiras de Técnico Tributário da Receita Estadual e Assistente Administrativo Fazendário também poderão prover vagas. 


O cargo exige nível superior em Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Jurídicas e Sociais ou Administração e tem como atribuições básicas de lavrar termos, intimações, notificações, autos de apreensão, na conformidade da legislação competente, além de dar início à ação fiscal, executar a auditoria fiscal em relação a contribuintes e demais pessoas naturais ou jurídicas envolvidas na relação jurídico-tributária e constituir o crédito tributário mediante o respectivo lançamento, etc. Os vencimentos estão em torno de R$ 21,4 mil.

Fonte: Grancursos Online

terça-feira, 17 de abril de 2018

TJ-SC: Edital publicado para níveis médio e superior!


O edital do concurso TJ-SC 2018 foi divulgado no fim da tarde desta segunda-feira, 16. O concurso é para a área de apoio do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. São 26 vagas imediatas. Deste total nove para nível superior e 17 para nível médio. Mesmo com questionamentos anteriormente, a Fundação Getulio Vargas (FGV) é mesmo a organizadora.

Já a distribuição das vagas por cargo ficou da seguinte maneira: 

Nível médio: 

- Cargo de técnico judiciário auxiliar; 
- Oferta de 17 vagas e cadastro;
- Vencimento básico de R$3.576,54; 
- Carga horária semanal de 35 horas 

Nível superior: 

- Cargos de analista administrativo, analista jurídico, oficial de justiça e avaliador, oficial da infância e juventude, arquiteto, engenheiro eletricista, engenheiro civil, e enfermeiro;
- Oferta de 9 vagas e cadastro;
- Vencimento básico de R$6.156,63; 
- Carga horária semanal de 35 horas



Inscrições no concurso TJ-SC 2018 abrem dia 23 

As provas serão realizadas nas cidades catarinenses de Florianópolis, Criciúma, Lages, Joinville, Blumenau, Itajaí, Canoinhas, Chapecó e Joaçaba. As avaliações serão no dia 22 de julho, em dois turnos. O concurso será válido por dois anos, prazo em que o cadastro de reserva poderá ser aproveitado.

Fonte: Folha Dirigida