SAIBA COMO FUNCIONA O

Coaching Concurseiros e Você

Analytics

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

TC-DF: Concurso autorizado!


Está autorizado o próximo concurso público para o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF). Conforme adiantado por FOLHA DIRIGIDA, a seleção vai contar com vagas nos níveis médio e superior.
O despacho autorizando a seleção foi publicado na quarta-feira, 17, conforme consta no protocolo do pedido do concurso. A oferta será de 14 vagas distribuídas entres os seguintes cargos:                                                          
  Procurador - Nível superior - 1 vaga;
 Analista - Nível superior - 3 vagas
 Auditor - Nível superior - 7 vagas;
 Técnico - Nível médio - 3 vagas.

No caso de analista, a especialidade concorrida é a de Tecnologia da Informação. O pedido do concurso TC-DF foi protocolado em agosto. Na ocasião, no entanto, era esperado um número de vagas maior: 47, como previso na LDO 2019. O motivo da oferta autorizada ser menor não foi divulgado. 
Em 2016 o Tribunal chegou a abrir um concurso. Este, no entanto, precisou ser cancelado em função da crise financeira. Uma nova seleção estava prevista para 2017, mas não chegou a acontecer. A expectativa do novo concurso cresceu após a divulgação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, sancionada em agosto.
Último concurso foi realizado em 2014
Há quatro anos, em 2014, foi aberto o último concurso do TC-DF. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cebraspe (antigo Cespe/UnB). A oferta foi de 69 vagas, sendo 19 destinadas ao cargo de auditor de controle externo, 12 para técnico de administração pública e 38 vagas para o analista.
Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva. A primeira, que teve caráter eliminatório e classificatório, consistiu em 150 questões sobre Conhecimentos Gerais e Específicos, conforme relação abaixo.

Conhecimentos Gerais:
Língua Portuguesa; 

Raciocínio Lógico;

Controle da Administração Pública;

Lei Orgânica do Distrito Federal;

Direito Constitucional;

Direito Administrativo;

Direito Civil;

Direito Processual Civil;

Direito Penal.

Conhecimentos Específicos:
Auditoria Governamental;
Administração Financeira e Orçamentária;

Contabilidade Pública;

Administração Pública;

Economia;

Fiscalização de Obras Civis, Rodoviárias e Hídricas;

Fiscalização de Contratos de Tecnologia da Informação.








PRF: Banca definida!

O Cebraspe está confirmado e agora é oficialmente o organizador do concurso PRF. A dispensa de licitação foi divulgada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 19.

Após uma longa análise de propostas das bancas interessadas, a PRF divulgou em meados de setembro que havia escolhido a banca do concurso. O nome, no entanto, ficou e sigilo pois o processo precisou ser enviado para a AGU.

Confira o extrato da dispensa:
EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 

Nº 23/2018 - UASG 200109 Processo: 08650010648201889 . Objeto: Contratação de instituição para prestação de serviços técnico-especializados, com vistas à organização e realização de concurso público para o provimento de 500 (quinhentos) cargos de Policial Rodoviário Federal, da Polícia Rodoviária Federal. Total de Itens Licitados: 00001. Fundamento Legal: Art. 24º, Inciso XIII da Lei nº 8.666 de 21/06/1993.. Justificativa: Ser uma associação sem fins lucrativos voltada ao ensino, pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico e institucional declaração de Dispensa em 18/10/2018. WILLIAN SANTANA DE JESUS. Chefe da Divisão de Contratações. Ratificação em 18/10/2018. RAFAEL DE BRITO AQUINO SOARES. Coordenador-geral de Administração e Logística. Valor Global: R$ 12.830.328,00. CNPJ CONTRATADA : 18.284.407/0001-53 CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISA EM AVALIAÇÃO E SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS -

Nos primeiros dias de outubro, a Advocacia-geral da União retornou para a PRF com um parecer positivo, confirmando a escolha e dando o aval para que a empresa escolhida pudesse ser contratada. Mesmo assim, a corporação manteve o nome do Cebraspe em segredo até todos que todos os trâmites burocráticos fossem concluídos.
A banca de Brasília será mais uma vez responsável por uma seleção da Polícia Rodoviária Federal. Quem já estava se preparando antecipadamente pode comemorar, uma vez que o Cebraspe também organizou o último concurso da PRF.
O que precisa ter para concorrer?
Requisitos  o candidato precisará ter de 18 a 65 anos de idade. Podem concorrer homens e mulheres e a escolaridade exigida é o ensino superior completo, em qualquer área de formação. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.
Remuneração  a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57 em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458.
Cebraspe deve manter estrutura do concurso de 2013
O último concurso da Polícia Rodoviária Federal foi realizado em 2013 e também teve o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) como organizador. A banca tem tradição em organizar concursos nacionais e da área da segurança.
Na ocasião, foram oferecidas mil vagas para o cargo de policial rodoviário federal. A corporação e o Cebraspe devem seguir os mesmos padrões do anterior, com relação a estrutura, etapas e cronograma. A novidade foi que a corporação já confirmou que haverá mudança no programa do novo edital.
Quem disputou a seleção passou por provas objetiva e discursiva, teste de capacidade física, exame de saúde, avaliação psicológica, investigação social e (ou) funcional, avaliação de títulos e curso de formação. A prova objetiva contou com 120 questões e foi dividida em diversas disciplinas, sendo elas:

• Português;

• Matemática;

• Noções de Direito Constitucional;

• Ética no Serviço Público;

• Noções de Informática;

• Noções de Direito Administrativo;

• Noções de Direito Processual Penal;

• Legislação Especial;

• Direitos Humanos e Cidadania;

• Legislação Relativa ao DPRF;

• Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviária. 


Projeto Alta Performance: Coaching Concurseiros


O Coaching Concurseiros possui a melhor e mais completa preparação para concursos do país. Para conhecer os detalhes deste superprojeto, CLIQUE AQUI!!

Abaixo, seguem alguns diferenciais do Coaching Concurseiros:

🎯Preparação especializada e realmente personalizada;

💻A mais moderna e completa plataforma de estudos do país;

📈Monitoramento de todos os dados em tempo real pela plataforma (Não há utilização de planilhas em excel);

📈 Aferição e controle da velocidade de estudo, capaz de detectar e corrigir pontos de deficiência na evolução de cada aluno;

🎤🎧🖥📞📱Comunicação célere e eficiente entre coach/coachee: canal direto (plataforma), WhatsApp, e-mail, telefone, redes sociais, Skype e Stream;

🕵🕵🏻‍♀️Todos os Mentores são altamente especializados na preparação para concursos públicos, além de ocuparem cargos relevantes em carreiras típicas de Estado;

📈 Simulados de provas objetivas, em média, a cada 35 dias, com ranking, relatório de desempenho, detecção de pontos de melhoria e comparativo matéria a matéria com os desempenhos dos primeiros colocados;

📈 Simulados de provas discursivas, com correção de conteúdo e de uso do idioma, realizada por profissional com formação e experiência na área;

📊Relatórios estruturados produzidos e disponibilizados semanalmente (ou a qualquer momento, se necessário);

📕📗Materiais Próprios e Exclusivos em disciplinas-chave (Confira os Cursos Exclusivos para Alunos);

🕵🕵 Equipes de suporte administrativo e de tecnologia da informação sempre de prontidão para subsidiar o atendimento;

📊 94% dos alunos com suas expectativas superadas!

Você quer ter a melhor preparação para PRF? Então, não perca tempo!

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

MP-SP: Saiu o edital para analista científico! Inicial de R$ 13 mil.


Ministério Público do Estado de São Paulo acaba de publicar novo edital. Serão nove vagas mais formação de cadastro de reserva para o cargo de Analista Técnico Cientifico para as especialidades de ADMINISTRADOR, CONTADOR  e ECONOMISTA. A Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (VUNESP) é a responsável pela organização do certame que terá inscrições abertas a partir do dia 29 de outubro de 2018 até às 23h59 do dia  07 de dezembro de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 140,00 e deve ser paga até o dia o dia 10 de dezembro.
Parte inferior do formulário
Edital MP SP 2018: cargos, requisitos, atribuições e remunerações:
As vagas serão reservadas a candidatos de nível superior nas especialidades de Administrador, Contador e Economista, ambos os cargos têm remuneração inicial de R$ 13.790,08 composta por: Vencimento básico – R$8.585,00 e Gratificação de promotoria – R$5.205,08. Além da remuneração fixa, os aprovados terão direito aos seguintes benefícios:
·       AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO – VLR. MÊS – R$ 920,00
·       AUXÍLIO-TRANSPORTE – VLR. DIA – R$ 13,92
Confira abaixo os requisitos e atribuições para cada cargo ofertado no concurso MP SP 2018
Analista Técnico Científico – Administrador (ATC 1.01): 
Requisitos:   a) Escolaridade: nível superior; b) Habilitação legal específica: curso superior em Administração, devidamente reconhecido; c) Experiência profissional: mínima de três anos, comprovada por meio de atestado emitido por instituição ou empresa contratante, ou registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social, ou outro documento equivalente; d) Registro profissional no órgão de classe competente: é necessário; e) Jornada de trabalho: completa (quarenta horas semanais).
Atribuições: realizar, no âmbito das atribuições legais da profissão de Administrador, perícias, exames, vistorias, avaliações e análises de dados documentais e/ou de campo para conferir apoio técnico e/ou científico às funções de execução do Ministério Público, por meio de laudos, informações, relatórios, estudos, perícias, apontamentos, pareceres ou outros trabalhos necessários à instrução de processos judiciais em que o Ministério Público seja parte ou interveniente, ou procedimentos administrativos sob a presidência do Ministério Público; participar de grupos de trabalho, eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente; executar tarefas de nível superior a partir de objetivos previamente definidos no campo de atuação de sua formação; auxiliar no planejamento, elaboração e execução de estudos, planos e projetos; interpretar documentos segundo a sua especialização para atendimento das necessidades do serviço; opinar sobre sistemas e métodos; acompanhar legislação, doutrina e jurisprudência inerentes às respectivas áreas; examinar processos e procedimentos de interesse do Ministério Público; executar outras tarefas correlatas de interesse da instituição compatíveis com sua condição funcional.
Analista Técnico Científico – Contador (ATC 1.04)
Requisitos:  a) Escolaridade: nível superior; b) Habilitação legal específica: curso superior em Ciências Contábeis, devidamente reconhecido; c) Experiência profissional: mínima de três anos, comprovada por meio de atestado emitido por instituição ou empresa contratante, ou registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social, ou outro documento equivalente; d) Registro profissional no órgão de classe competente: é necessário; e) Jornada de trabalho: completa (quarenta horas semanais).
Atribuições: realizar, no âmbito das atribuições legais da profissão de Contador, perícias, exames, vistorias, avaliações e análises de dados documentais e/ou de campo para conferir apoio técnico e/ou científico às funções de execução do Ministério Público, por meio de laudos, informações, relatórios, estudos, perícias, apontamentos, pareceres ou outros trabalhos necessários à instrução de processos judiciais em que o Ministério Público seja parte ou interveniente, ou procedimentos administrativos sob a presidência do Ministério Público; participar de grupos de trabalho, eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente; realizar atividades de nível superior de assessoramento dos membros do Ministério Público do Estado de São Paulo em processos administrativos e judiciais, compreendendo a realização de perícias por meio de avaliações, exames, análises, investigações contábeis e diligências cabíveis e necessárias a fim de demostrar a verdade dos fatos trazidos aos autos por meio de prova contábil documental; realizar estudos técnicos; elaborar informações técnicas sob a forma de pareceres, laudos e relatórios inerentes à área, indicando a fundamentação, métodos e parâmetros aplicados, referentes a exame da escrituração de livros comerciais e fiscais, balancetes e balanços; apurar receitas, despesas e resultados; avaliar acervos patrimoniais e verificar haveres e obrigações, decorrentes de liquidação, fusão, cisão, incorporação, transformação, expropriação no interesse público; analisar custos de mercadorias, produtos de serviços públicos ou privados; calcular lucro cessante, emergente e de perdas e danos; analisar cálculos de liquidação de sentença, inclusive de atualização monetária; analisar juros nas concessões de crédito, financiamento e demais operações financeiras; revisar cálculos nas habilitações de crédito; analisar prestação de contas e seus serviços afins e correlatos; atuar em processos administrativos e judiciais quando indicado pelo Ministério Público, bem como em convênios e programas de interesse do Ministério Público do Estado de São Paulo em conjunto com outras instituições; acompanhar legislação, doutrina e jurisprudência inerentes às respectivas áreas; examinar processos e procedimentos de interesse do Ministério Público; fornecer dados ou informações de natureza técnico científica aos membros do Ministério Público no desempenho de suas funções; executar outras tarefas correlatas de interesse da instituição compatíveis com sua condição funcional.
Analista Técnico Científico – Economista (ATC 1.05)
Requisitos:  a) Escolaridade: nível superior; b) Habilitação legal específica: curso superior em Economia, devidamente reconhecido; c) Experiência profissional: mínima de três anos, comprovada por meio de atestado emitido por instituição ou empresa contratante, ou registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social, ou outro documento equivalente; d) Registro profissional no órgão de classe competente: é necessário; e) Jornada de trabalho: completa (quarenta horas semanais).
Atribuições: realizar, no âmbito das atribuições legais da profissão de Economista, perícias, exames, vistorias, avaliações e análises de dados documentais e/ou de campo para conferir apoio técnico e/ou científico às funções de execução do Ministério Público, por meio de laudos, informações, relatórios, estudos, perícias, apontamentos, pareceres ou outros trabalhos necessários à instrução de processos judiciais em que o Ministério Público seja parte ou interveniente, ou procedimentos administrativos sob a presidência do Ministério Público; participar de grupos de trabalho, eventos externos e reuniões técnicas quando determinado pela autoridade competente; interpretar documentos, segundo a sua especialização, para atendimento das necessidades do Ministério Público; opinar sobre bens móveis e imóveis, bem como sobre títulos de valores de empresas e de pessoas; opinar sobre procedimentos licitatórios, orçamentários e financeiros; elaborar laudos, projetos, pareceres e relatórios; examinar processos e procedimentos de interesse do Ministério Público; atuar em processos administrativos e judiciais quando indicado pelo Ministério Público, bem como em convênios e programas de interesse do Ministério Público do Estado de São Paulo em conjunto com outras instituições; acompanhar legislação, doutrina e jurisprudência inerentes às respectivas áreas; examinar processos e procedimentos de interesse do Ministério Público; executar outras tarefas correlatas de interesse da instituição compatíveis com sua condição funcional.
Edital MP SP 2018: Etapas da prova

O candidatos serão avaliados por meio de prova Objetiva de Múltipla Escolha e de Prova Escrita Dissertativa, ambas de

caráter eliminatório e classificatório. As provas objetiva e dissertativa estão marcadas para o dia 10 de fevereiro de 2019.
A PROVA OBJETIVA terá as seguintes disciplinas:
·       Conhecimentos Gerais
·       Língua Portuguesa
·       Matemática
·       Noções de Informática
·       Conhecimentos Específicos
·       Conhecimentos Específicos




quarta-feira, 17 de outubro de 2018

ALEGO: banca definida! Certame vai ofertar 80 vagas!

Excelente notícia para os concurseiros que aguardam pelo certame da Assembleia Legislativa de Goiás. Foi divulgada a dispensa de licitação para contratação da banca organizadora. O Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES foi a empresa contratada para ser responsável pelo concurso que irá ofertar 80 vagas, sendo 78 para cargos de assistente e analista legislativo de níveis médio e superior, respectivamente, e 2 vagas para procurador de 2ª classe, além de formação de cadastro reserva. O documento publicado ainda adianta que o valor das taxas de inscrição serão de R$63,00 para nível médio, R$ 72,00 para nível superior e, R$103,00 para procurador. 


O concurso já estava previsto para acontecer desde o decreto orçamentário nº 490 publicado no Diário Oficial do Estado de Goiás que estipulou a abertura de crédito suplementar no valor de R$ 1.413.000,00 para realização do concurso para provimento de cargos no Assembleia Legislativa do Estado. O presidente da Casa, deputado José Vitti (PSDB), havia confirmado que o concurso irá ofertar 80 vagas e que o edital deverá ser publicado em breve.

Edital ALEGO deverá ser publicado em breve

De acordo com a Assessoria da presidência da casa, o processo já caminhou internamente e tramita por setores externos. A novidade é que a Assembleia estima conseguir concluí-lo o mais rápido possível. A estimativa de impacto orçamentário-financeiro também está adequada com os termos da Lei Orçamentária Anual, de comum acordo com o Plano Plurianual e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A Alego conseguiu derrubar o veto que determina que todo o edital de concurso passe pela Procuradoria Geral do Estado. 

Quadro de vagas e cargos concurso ALEGO

Analista Legislativo (Nível Superior): 42 vagas

  • Arquiteto (02 vagas)
  • Arquivologista (02 vagas)
  • Assistente Social (02 vagas)
  • Cirurgião-Dentista (02 vagas)
  • Comunicador Social (05 vagas)
  • Contador (05 vagas)
  • Enfermeiro do Trabalho (02 vagas)
  • Engenheiro Civil (01 vaga)
  • Engenheiro do Trabalho (01 vaga)
  • Engenheiro Eletricista (01 vaga)
  • Fisioterapeuta (02 vagas)
  • Médico Cardiologista (01 vaga)
  • Médico Clínico (01 vaga)
  • Médico do Trabalho (02 vagas)
  • Médico Ginecologista (01 vaga)
  • Médico Ortopedista (01 vaga)
  • Médico Psiquiatra (01 vaga)
  • Psicólogo Organizacional (02 vagas)
  • Revisor Ortográfico (06 vagas)
  • Segurança da Informação (02 vagas)

Assistente Legislativo (Nível Médio):36 vagas

  • Tradutor-Intérprete de Libras  (02 vagas)
  • Policial Legislativo (30 vagas)
  • Técnico de Segurança do Trabalho (02 vagas)
  • Técnico em Enfermagem do Trabalho (02 vagas)






terça-feira, 16 de outubro de 2018

Concurso para oficial administrativo da PGE SP terá 62 vagas


A comissão responsável por orientar, acompanhar e organizar o concurso da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (Concurso PGE SP) vai iniciar o processo de escolha da banca organizadora neste mês. De acordo com o setor de recursos humanos do órgão, a licitação será finalizada até o final de outubro e, após isso o nome da organizadora será divulgado. A previsão é que o edital seja publicado ainda neste ano. 
A comissão do concurso foi formada por meio de uma resolução publicada no dia 1º de agosto no Diário Oficial do estado. O certame visa o provimento de 62 vagas para o cargo de oficial administrativo. O cargo exige dos candidatos ensino médio completo, a remuneração inicial corresponde a R$ 2.894,07, composto pelo salário-base, gratificação executiva, abono complementar e respeitada a avaliação de desempenho referente ao Prêmio de Incentivo à Produtividade e Qualidade (PIPQ). Os candidatos ainda possuem direito a R$219,25 de auxílio-transporte e R$696 de auxílio-alimentação. Um grande atrativo do concurso PGE SP é o investimento que o órgão faz em seus servidores, proporcionando auxílio financeiro para cursos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado. São ofertados também cursos de aperfeiçoamento no Centro de Estudos e Escola Superior da PGE. 


Principais atribuições para oficial administrativo da PGE SP
São atribuições do cargo executar tarefas de apoio administrativo, de média complexidade, em diversas áreas, sob supervisão direta; prestar atendimento ao público externo e interno, sobre assuntos relacionados à sua área de atuação; efetuar o controle simples de registro de papéis de interesse em sua área de atuação; redigir correspondências de natureza simples; arquivar processos, leis, publicações, atos normativos e documentos diversos de interesse da unidade administrativa, segundo normas preestabelecidas; etc. 



segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Sefaz-BA: Administração já elabora edital para 60 vagas


Está cada vez mais próxima a abertura do próximo concurso para auditor-fiscal da Sefaz-BA – Secretaria de Fazenda da Bahia. De acordo com informações transmitidas à FOLHA DIRIGIDA pela Assessoria de Imprensa da Secretaria de Administração (Saeb), o edital já está sendo elaborado.
Com banca definida, a expectativa é que o documento seja divulgado em breve. Nas próximas semanas, a Saeb deverá trabalhar nos últimos ajustes, como definição do cronograma do concurso, junto com a organizadora. A Fundação Carlos Chagas foi escolhida em agosto, conforme publicação no Diário Oficial.
Inicialmente o edital seria publicado no primeiro trimestre deste ano, mas os trâmites para abertura da seleção não aconteceram dentro do prazo previsto. O concurso foi anunciado em dezembro de 2017, quando o governador do estado, Rui Costa, assinou a autorização. 
Concurso Sefaz-BA terá 60 vagas e inicial de R$8 mil
Conforme nota oficial divulgada pela Saeb em agosto, o concurso vai contar com oferta de 60 vagas. As oportunidades serão no cargo de auditor-fiscal, que exige formação em nível superior completo em um dos seguintes cursos:
  • Administração
  • Ciências Econômicas
  • Ciências Contábeis
  • Direito
  • Engenharia
  • Informática
  • Sistemas de Informação
  • Ciência da Computação
  • Processamento de Dados

O salário-base do cargo é de R$8.456,19. No entanto, a remuneração total pode chegar a R$13 mil com os benefícios previstos em lei. Entre as atribuições do auditor-fiscal está fazer revisões fiscais e contábeis, trabalhar com atividades de fiscalização de receitas estaduais e elaborar a programação financeira do Estado.

Projeto Alta Performance: Coaching Concurseiros


O Coaching Concurseiros possui a melhor e mais completa preparação para concursos do país. Para conhecer os detalhes deste superprojeto, CLIQUE AQUI!!

Abaixo, seguem alguns diferenciais do Coaching Concurseiros:

🎯Preparação especializada e realmente personalizada;

💻A mais moderna e completa plataforma de estudos do país;

📈Monitoramento de todos os dados em tempo real pela plataforma (Não há utilização de planilhas em excel);

📈 Aferição e controle da velocidade de estudo, capaz de detectar e corrigir pontos de deficiência na evolução de cada aluno;

🎤🎧🖥📞📱Comunicação célere e eficiente entre coach/coachee: canal direto (plataforma), WhatsApp, e-mail, telefone, redes sociais, Skype e Stream;

🕵🕵🏻‍♀️Todos os Mentores são altamente especializados na preparação para concursos públicos, além de ocuparem cargos relevantes em carreiras típicas de Estado;

📈 Simulados de provas objetivas, em média, a cada 35 dias, com ranking, relatório de desempenho, detecção de pontos de melhoria e comparativo matéria a matéria com os desempenhos dos primeiros colocados;

📈 Simulados de provas discursivas, com correção de conteúdo e de uso do idioma, realizada por profissional com formação e experiência na área;

📊Relatórios estruturados produzidos e disponibilizados semanalmente (ou a qualquer momento, se necessário);

📕📗Materiais Próprios e Exclusivos em disciplinas-chave (Confira os Cursos Exclusivos para Alunos);

🕵🕵 Equipes de suporte administrativo e de tecnologia da informação sempre de prontidão para subsidiar o atendimento;

📊 94% dos alunos com suas expectativas superadas!

Você quer ter a melhor preparação para Auditor Fiscal do ICMS-BA? Então, não perca tempo!