SAIBA COMO FUNCIONA O

Coaching Concurseiros e Você

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

TRT-ES: Comissão formada! Cargos para nível médio e superior!



Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (concurso TRT ES) divulgou no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho desta quarta-feira, dia 21 de fevereiro, os integrantes da comissão de servidores que atuará nos trabalhos administrativos referentes ao concurso público de cargos do quadro de pessoal permanente. A comissão é composta pelos servidores Flávia Bonn Nogueira Bastos Toscano, representante da Secretária-Geral da Presidência, Bruno Álvares, representante da Diretoria-Geral, Leonardo Felipe Di Donato.



A expectativa é que isso ocorra em publicação no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT) dos próximos dias. Vale destacar que seis desembargadores já haviam se posicionado positivamente a realização do concurso e o julgamento final foi adiado para tarde de hoje (23), quando foi autorizado por todos os membros da corte. A seleção contemplará os cargos de técnicos e analistas judiciários, mas as áreas de atuação ainda serão definidas.



O assunto é a realização de um novo concurso público para servidores efetivos das carreiras de técnico e analista judiciário. Ainda será formada a comissão organizadora do certame, que terá, entre outras responsabilidades, a contratação da entidade que planejará e divulgará o edital do concurso TRT ES 2018.

Clique aqui e confira alguns cursos para esse concurso.

Projeto Alta Performance: Coaching Concurseiros

Para conseguir a aprovação no concurso do TRT-ES, além de muito empenho e dedicação, faz- se necessária uma preparação estruturada, com planejamentos e metas bem definidos e adequados ao perfil de cada candidato, com supervisão em tempo integral evitando os desvios de rota que assolam tão frequentemente os candidatos, com a utilização de sistemas e ferramentas capazes de promover um estudo eficiente, alavancando a performance dos candidatos.

Veja abaixo alguns diferenciais que fazem da preparação do Coaching Concurseiros a melhor e mais completa do país:

🎯Preparação especializada e realmente personalizada;

💻A mais moderna e completa plataforma de estudos do país;

📈Monitoramento de todos os dados em tempo real pela plataforma (Não há utilização de planilhas em excel);

📈 Aferição e controle da velocidade de estudo, capaz de detectar e corrigir situações de deficiências na evolução de cada aluno;

🎤🎧🖥📞📱Comunicação célere e eficiente entre coach/coachee: canal direto (plataforma), WhatsApp, e-mail, telefone, redes sociais, Skype e Stream;

🕵🕵🏻‍♀️Todos os Mentores são altamente especializados na preparação para concursos públicos, além de ocuparem cargos relevantes em carreiras típicas de Estado;

📈 Simulados de provas objetivas a cada 35 dias, com ranking, relatório de desempenho, detecção de pontos de melhoria e comparativo matéria a matéria com os desempenhos dos primeiros colocados;

📈 Simulados de provas discursivas, com correção de conteúdo e de uso do idioma realizada por profissional com formação e experiência na área;

📊Relatórios estruturados produzidos semanalmente (ou a qualquer momento, se necessário);

📕📗Materiais Próprios e Exclusivos em disciplinas-chave;

🕵🕵 Equipes de suporte administrativo e de tecnologia da informação sempre de prontidão para subsidiar o atendimento;

📊 94% dos alunos com suas expectativas superadas!



MP-PI autorizado! As vagas serão para técnico e analista.


O Ministério Público do Piauí realizará um novo concurso para servidores efetivos. Nesta quarta-feira, 21, foi divulgada uma portaria que autoriza a nova seleção para os cargos de técnico e analista. Além disso, a comissão organizadora também já foi formada. O edital, portanto, deve ser publicado ainda nesse semestre.



De acordo com a portaria que autoriza o concurso, a princípio estão autorizados 26 cargos para o quadro de servidores do Ministério Público do Piauí. Esse é o número inicial, que deve ter sido levado em conta pela quantidade de cargos vagos. No entanto, durante o prazo de validade, mais vagas poderão surgir.

Analista Ministerial - 9 vagas
Técnico Ministerial - 17 vagas

O cargo de técnico exige nível médio, enquanto o analista superior. O Ministério Público, no entanto, ainda não informou quais serão as especialidades oferecidas. O técnico  ministerial da área administrativa deverá ser oferecido e a procura deverá ser grande, pois exige apenas nível médio.

Uma boa notícia para os interessados é a agilidade nos preparativos da seleção. Também nesta quarta-feira, 21, o Ministério Público já divulgou a comissão  organizadora que ficará responsável pelos trâmites do concurso. Com essa notícia, tudo indica que os membros devem começar a se reunir nos próximos dias para dar início a escolha da banca organizadora.


Fonte: Folha Dirigida



quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

TRT-RJ classificará 2.380 inscritos para nível médio e superior!

Candidatos que desejam participar do próximo concurso TRT RJ para o judiciário trabalhista do Rio de Janeiro devem apressar os estudos. Após assinatura do contrato com o Instituto AOCP, o órgão trabalha para divulgação do edital ainda neste primeiro semestre.



Segundo publicado no DEJT, o TRT-RJ transformou, no último dia 31, dois cargos vagos de analista administrativo em analista de psicologia. A ideia do TRT-RJ é incluir essa especialidade no concurso aguardado. Com essa transformação, falta agora um despacho da Presidência do tribunal sobre a decisão de incluir ou não essa área no novo edital.


Dessa forma, serão classificados 2.380 aprovados, sendo 1.220 técnicos (sendo mil somente para técnico da área administrativa; apenas nível médio) e 1.160 analistas. 

Conforme demonstra a tradição, o prazo entre a divulgação da comissão e as provas é literalmente curto, porém uma preparação pré-edital é essencial para lograr êxito.

As vagas que serão ofertadas no próximo edital TRT RJ são para os seguintes cargos: analista judiciário – área judiciária; analista judiciário – área judiciária – especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal; analista judiciário – área administrativa; analista judiciário – área apoio especializado – especialidade Enfermagem; técnico judiciário – área administrativa; técnico judiciário – área administrativa – especialidade Segurança; e técnico judiciário – área apoio especializado – especialidade Enfermagem.

 

A remuneração do Analista Área Judiciária, Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, por exemplo, é composta por R$ 11.007, somada a gratificação de atividade, no valor de R$ 1.670,43, mais R$ 884 de auxílio-alimentação e R$ 300 de auxílio saúde pode chegar a R$ 13.861, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenham filho.

Clique aqui e confira alguns cursos para esse concurso.

Projeto Alta Performance: Coaching Concurseiros

Para conseguir a aprovação no concurso do TRT-RJ, além de muito empenho e dedicação, faz- se necessária uma preparação estruturada, com planejamentos e metas bem definidos e adequados ao perfil de cada candidato, com supervisão em tempo integral evitando os desvios de rota que assolam tão frequentemente os candidatos, com a utilização de sistemas e ferramentas capazes de promover um estudo eficiente, alavancando a performance dos candidatos.

Veja abaixo alguns diferenciais que fazem da preparação do Coaching Concurseiros a melhor e mais completa do país:

🎯Preparação especializada e realmente personalizada;

💻A mais moderna e completa plataforma de estudos do país;

📈Monitoramento de todos os dados em tempo real pela plataforma (Não há utilização de planilhas em excel);

📈 Aferição e controle da velocidade de estudo, capaz de detectar e corrigir situações de deficiências na evolução de cada aluno;

🎤🎧🖥📞📱Comunicação célere e eficiente entre coach/coachee: canal direto (plataforma), WhatsApp, e-mail, telefone, redes sociais, Skype e Stream;

🕵🕵🏻‍♀️Todos os Mentores são altamente especializados na preparação para concursos públicos, além de ocuparem cargos relevantes em carreiras típicas de Estado;

📈 Simulados de provas objetivas a cada 35 dias, com ranking, relatório de desempenho, detecção de pontos de melhoria e comparativo matéria a matéria com os desempenhos dos primeiros colocados;

📈 Simulados de provas discursivas, com correção de conteúdo e de uso do idioma realizada por profissional com formação e experiência na área;

📊Relatórios estruturados produzidos semanalmente (ou a qualquer momento, se necessário);

📕📗Materiais Próprios e Exclusivos em disciplinas-chave;

🕵🕵 Equipes de suporte administrativo e de tecnologia da informação sempre de prontidão para subsidiar o atendimento;

📊 94% dos alunos com suas expectativas superadas!




terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

ARSESP: Edital divulgado para 46 vagas. Inicial de R$6.214 para analista.

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Concurso Arsesp) começa a receber nesta terça-feira, dia 20, as inscrições de seu concurso público com oferta de 46 vagas, sendo que 42 são para o cargo de especialista em regulação e fiscalização de serviços públicos e as quatro restantes para a carreira de analista de suporte à regulação.


Para as duas carreiras, para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em áreas específicas, de acordo com as atividades, além de experiência profissional de três anos em assuntos relacionados com a respectiva área. As remunerações iniciais são de R$ 6.214 para os analistas, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

As inscrições do concurso Arsesp ficam abertas a partir das 10h de hoje, dia 20 de fevereiro, até 21 de março, pelo site da Fundação Vunesp. Para se candidatar, os participantes devem acessar o site da banca e preencher o formulário com os principais dados.

Os participantes serão avaliados com prova objetiva e redação, que serão realizadas no dia 29 de abril, no turno da tarde, na cidade de São Paulo. Os candidatos terão no máximo cinco horas para completar a prova.

Fonte: Grancursos Online


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

TCM SP: Autorizado o oferecimento de 10 vagas para o cargo de Aux. Técnico de Fiscalização

O Presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de São Paulo autorizou ainda no mês de janeiro a realização do Concurso TCM SP. Na autorização, publicada no Diário Oficial do Estado são definidas também as vagas que serão ofertadas: serão 10 vagas para o cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização.

Para concorrer as vagas é necessário ter formação em nível médio, técnica ou nível superior, a depender das áreas que serão oferecidas pelo Tribunal e que ainda não foram divulgadas. A carga horária é de 40h horas semanais e uma remuneração inicial de R$ 10.032,40 que inclui R$ 4.907,45 de salário básico e R$ 5.124,95 de gratificações de incentivo a especialização e produtividade.

Com esta autorização, o Tribunal deverá agora  criar uma comissão responsável pelo certame e começar o processo de escolha da banca organizadora. Confira abaixo o despacho publicado no DOE SP: